domingo, 18 de fevereiro de 2018

Clube do Remo se prepara para sua 4ª Caminhada Ecológica

Vai acontecer no dia 11 de março deste ano a 4ª Caminhada Ecológica do Clube do Remo. O evento é filantrópico e a iniciativa é da diretoria de esportes do clube em parceria com a Unimed Cataguases. 

Para participar os interessados devem se inscrever diretamente na secretaria do clube com 2 Kg de alimentos não perecíveis que serão doados para os Centros Espíritas São Vicente de Paula e Paz, Luz e amor. Os 150 primeiros que se  inscreverem ganharão um kit unimed.

A concentração será a partir das 6 horas no Clube do Remo com saída marcada para às 7 horas e contará com o apoio da Policia Militar, Profissionais da Estação Ecológica Água Limpa, além de uma ambulância e profissionais de educação física.

Além de promover saúde e bem estar, através de um ambiente familiar saudável e ecológico, o evento também tem como objetivo homenagear o dia Internacional da Mulher e para tanto, o clube está promovendo uma mini palestra sobre a saúde da mulher que acontecerá no ponto final do evento, na Estação Ecológica Água Limpa (Horto Florestal). No local também serão realizados exercícios de alongamento e relaxamento, contou Zé Piu, diretor de esportes do clube.

Esporte Clube Ribeiro Junqueira retorna às suas atividades em 2018

Durante reunião realizada no dia 15/01, a diretoria do E.C. Ribeiro Junqueira apresentou um balanço positivo referente as atividades e parcerias realizadas em 2017.

O EC Ribeiro Junqueira participou da V Edição da Copa dos Campeões Regionais e o Campeonato Regional Sub 17, ambos promovidos com muita competência pela Liga Esportiva de Cataguases – LEC, presidida pelo Sr. Paulo Santana.

Seguindo a ideologia do presidente Bené Guedes, a diretoria e comissão técnica prestigiou os atletas leopoldinenses sendo a base das equipes durante as competições, fato que agradou muito os torcedores rubro-negros.

Um grande público acompanhou o EC Ribeiro Junqueira em 2017, que além das competições regionais foram promovidos amistosos com as equipes como o CR Vasco da Gama (sub-20), Fluminense FC (sub-17) e CR Flamengo (master).

Assim ficaram definidas as atividades do EC Ribeiro Junqueira para o 1º e 2º semestre de 2018:

1º Semestre:

  • Campeonato Regional Sub 13 e Sub 15 (LEC)
  • VI Copa dos Campeões Regional / Adulto (LEC)
  • Amistosos (à definir)

2º Semestre:

  • Campeonato Regional Sub 17 / Sub 20 (LEC)
  • Copa Cidade Leopoldina (LEL)
  • Amistosos (à definir)

O EC Ribeiro Junqueira já confirmou oficialmente a participação na VI Copa dos Campeões e nos Regionais Sub 13 e Sub 17. O início dos treinamentos será no dia 20/02 (terça-feira), confira os horários:

Categoria Sub 13 e 17:

Às terças e quintas-feiras de 15h às 16h30 sob o comando de Valentim e Caio.

Categoria Adulto:

Às terças e quintas-feiras de 17h às 19h sob o comando de José Carlos (Caial).


Fonte: Assessoria de Comunicação EC Ribeiro Junqueira

Carreta cai em ribanceira e motorista morre na BR-116



Um motorista de 48 anos, morreu após a carreta Scania que ele conduzia, placas de Miradouro, sair da pista e capotar em uma ribanceira.

De acordo com informações, a carreta carregada com gesso, havia parado em um posto de combustível no bairro Santa Helena em Muriaé para abastecer e depois seguiu viagem em direção ao Rio de Janeiro, mas acabou saindo da pista, 5 quilômetros após, no Km 710 da BR-116, por volta das 21 horas de sábado, ficando com as rodas para cima. A cabine ficou totalmente amassada e o motorista morreu na hora.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal e do Corpo de Bombeiros compareceram ao local e realizaram os trabalhos de praxe. Um médico do SAMU confirmou o óbito do motorista que viajava sozinho.

A pista foi sinalizada até as conclusões dos trabalhos. A carga se espalhou pelo acostamento e no local do acidente.

*Fotos: Rádio Muriaé

sábado, 17 de fevereiro de 2018

PM prende homem por tentativa de estupro em via pública em Cataguases

A Polícia Militar prendeu na tarde deste sábado (17), um homem de 54 anos, por tentativa de estupro em via pública no bairro Popular em Cataguases.

De acordo com informações da PM, a vítima, uma mulher de 26 anos, foi agarrada pelo autor próximo a um cruzamento na Av. Sizenando Dutra de Siqueira por volta das 16 horas. A vítima contou que o homem a agarrou por trás de forma violenta e que este começou a passar-lhe a mão por baixo de seu vestido. A vítima tentou se livrar mas foi imobilizada por um golpe conhecido como "gravata". Ela então começou a gritar e entrou em luta corporal com o homem, chamando a atenção de populares que passavam pelo local. Eles começaram a gritar para o autor que soltou a vítima e tentou fugir mas foi seguido por populares que acionaram a polícia que rapidamente chegou ao local e efetuou a prisão.

Questionado o autor tentou negar o fato dizendo em um primeiro momento que conhecia a vítima e tentou beijá-la, mas depois mudou a versão dizendo que estava correndo e veio a trombar com a mulher e que a estaria segurando para que não caísse. No entanto a vítima e as testemunhas desmentiram as versões apresentadas pelo autor que foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia de Plantão de Leopoldina. A vítima foi levada para o Hospital de Cataguases com escoriações leves.

Número de mortes por febre amarela no país sobe para 154; na Zona da Mata Mineira foram registrados 27 óbitos até o momento

O Ministério da Saúde divulgou nesta sexta-feira (16), novo balanço sobre a situação da febre amarela no país. As mortes chegaram a 154 e os casos confirmados somaram 464. Além desses, há ainda 487 notificações em investigação. Dos 1.626 casos suspeitos, 684 foram descartados.

O balanço considera o período que teve início em julho de 2017, uma convenção adotada para analisar a evolução da doença em razão da sua sazonalidade. Na primeira semana de 2018, foram registradas quatro mortes decorrentes de febre amarela e 11 casos confirmados.

O balanço divulgado ontem se aproxima do que foi registrado no ano anterior, quando o surto da doença bateu o recorte histórico de casos. Em 16 de fevereiro de 2017, havia 532 casos confirmados e 166 mortes considerado o período iniciado em julho de 2016. 

O registro da doença ocorre principalmente em três estados: Minas Gerais (225 casos confirmados e 76 mortes), São Paulo (181 casos e 53 mortes) e Rio de Janeiro (57 casos e 24 mortes). Além destes, foi identificado um caso no Distrito Federal.

Há casos em investigação ainda nos estados do Amazonas (3), Pará (4), Rondônia (2), Tocantins (5), Alagoas (1), Bahia (4), Sergipe (1), Goiás (11), Mato Grosso (1), Mato Grosso do Sul (1), Espírito Santo (13), Paraná (10), Rio Grande do Sul (9) e Santa Catarina (7).

Vacinação

Segundo o ministério, até o momento já foram enviadas 65,4 milhões de doses da vacina, sendo 22,7 milhões para São Paulo, 12 milhões para Minas Gerais, 12 milhões para o Rio de Janeiro e 3,9 milhões para a Bahia.

Minas Gerais

Do total de casos confirmados de febre amarela silvestre, 91,3% são do sexo masculino e 8,7% do sexo feminino. Dentre os óbitos, 03 (três) foram do sexo feminino, representando 3,9% do total de óbitos confirmados. Todos os casos foram confirmados laboratorialmente. Até o momento, não há relato de vacinação para a febre amarela entre os casos confirmados. A mediana de idade dos casos confirmados é de 48 anos (3 – 88 anos). A letalidade por febre amarela em Minas Gerais no período de 2017/2018 é de aproximadamente 41,5%.

Atualmente, a cobertura vacinal acumulada de febre amarela em Minas Gerais está em torno de 83,38%. Ainda há uma estimativa de 3.299.174 pessoas não vacinadas contra a febre amarela, especialmente na faixa-etária de 15 a 59 anos de idade, que também foi a mais acometida pela epidemia de febre amarela silvestre ocorrida em 2017. Entre os 853 municípios do Estado, 37,63% (321) delas não alcançaram 80% de cobertura vacinal; outros 33,65% (287) dos municípios têm entre 80% e 94,9% de seus moradores vacinados; com mais de 95%, estão 28,72% (245) das cidades mineiras com recomendação de vacina.

As ações de intensificação vacinal estão sendo realizadas em 422 municípios mineiros. Minas Gerais ainda apresenta 24 Unidades Regionais de Saúde com cobertura vacinal menor que 95%. Permanecendo ainda necessário a continuidade das ações de vacinação para garantir a homogeneidade da cobertura em todos os municípios, de acordo com a meta preconizada pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Zona da Mata

Na Zona da Mata Mineira, foram confirmados até o momento, 45 casos da doença, sendo que destes, 27 evoluíram para óbito, conforme o último relatório divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde, na quinta-feira (15).

Os óbitos confirmados até o momento ocorreram nos seguintes municípios: Alvinópolis (1), Barra Longa (2), Belmiro Braga (1), Bicas (1), Goianá (1), Juiz de Fora (3), Mar de Espanha (1), Maripá de Minas (1), Matias Barbosa (1), Piau (2), Ponte Nova (2), Porto Firme (2), Rio Novo (1), Rio Preto (3), Santa Rita do Jacutinga (1), Santo Antônio do Aventureiro (1), Santos Dumont (1), Simão Pereira (1) e Viçosa (1).

Até o momento, a cobertura vacinal na região de Leopoldina a qual Cataguases está inserida é de 76,08%. Na região de Juiz de Fora a cobertura atingiu 85,50% e na região de Ponte Nova 73,65%.

Orientações para a vacinação de febre amarela:


  • A partir dos 9 meses de idade NÃO VACINADO: Uma dose.
  • Gestantes NÃO VACINADAS: Deverá ser vacinada somente se residir ou for se deslocar para área com transmissão ativa da doença. (Município com caso ou epizootia confirmada). Neste caso, deverá ser avaliada pelo médico.
  • Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses NÃO VACINADAS: Deverá ser vacinada somente se residir ou for se deslocar para área com transmissão ativa da doença. Suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação.
  • Pessoas acima de 60 anos NÃO VACINADAS: Na atual situação epidemiológica vivenciada no Estado de Minas Gerais, deverão ser vacinadas. É fundamental que os profissionais dos serviços de saúde façam a avaliação, conforme Nota Informativa n⁰ 94 de 2017/CGPNI/DEVIT/SVS/MS.
  • Viajantes para áreas com vigência de surto no país ou para países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia NÃO VACINADOS: Administrar uma dose pelo menos 10 dias antes da viagem, respeitando as precauções e contraindicações da vacina.

*Com informações da Agência Brasil e Secretaria de Estado de Saúde

Termina hoje o horário de verão

Brasileiros das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão atrasar seu relógio em uma hora, a partir da meia noite de hoje, sábado (17), quando encerra o período de horário de verão 2017/2018, que entrou em vigor desde 15 de outubro e que tem como finalidade reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h.


Além do Distrito Federal, dez estados precisarão adaptar seus ponteiros: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Espírito Santo. A população do Norte e do Nordeste não é afetada porque os estados da região não são incluídos no horário de verão.

Segundo balanço do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), em 2013 o Brasil, com essa providência, economizou R$ 405 milhões, ou 2.565 megawatts (MW). No ano seguinte, essa economia baixou para R$ 278 milhões (2.035 MW) e, em 2015 caiu ainda mais, para R$ 162 milhões. Em 2016, o valor sofreu nova queda, para R$147,5 milhões.

Essa menor influência observada pode ser explicada pelo fato de parcelas significativas das zonas sujeitas à medida têm intensificado o uso de equipamentos como o ar condicionado, como forma de aplacar o calor, elevando a demanda pela energia elétrica. Ainda que já dispensem as lâmpadas incandescentes, substituindo-as por modelos mais econômicos.

No final do ano passado, o governo federal sinalizou para a possibilidade de abolir o horário de verão, por não haver consenso quanto à relação com a economia de energia elétrica. Apesar disso, acabou apenas abreviando o período 2018/2019 em duas semanas, a pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para facilitar a apuração dos votos das eleições. Com isso, o horário de verão de 2018 passará a ser adotado no primeiro domingo de novembro.


“A avaliação dos atuais impactos na redução do consumo e da demanda de energia elétrica, contida nos estudos realizados neste ano de 2017 pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME), mostra que a adoção do horário de verão traz atualmente resultados próximos da neutralidade para o sistema elétrico”, escreveu o ministério em nota, em outubro do ano passado.


Fonte: EBC 

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Trecho da BR-116 na Serra do Belvedere em Muriaé sofrerá nova interdição neste sábado

O trecho da BR-116 na altura do Km 714 na serra do Belvedere em Muriaé será novamente interditado neste sábado (17). 

No dia 2 de dezembro de 2017, após um deslizamento, o trecho chegou a ser interditado por 6 dias e o trânsito foi desviado para Cataguases.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Leopoldina, a interdição foi determinada pela empreiteira contratada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte - DNIT, para segurança dos motoristas onde serão realizadas explosões de rochas no local. A interdição está prevista para durar 2 horas, no período de 9 às 11 horas. Em caso de chuva poderá ocorrer o adiamento dos trabalhos.

Número de acidentes nas rodovias federais da região e de todo Estado caiu durante o Carnaval conforme balanço da PRF

Acidente com maior número de mortos envolveu uma ambulância de Cataguases na BR-267 em Juiz de Fora

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Leopoldina, divulgou balanço da Operação Carnaval 2018 no Estado e na Região.

Em toda Minas Gerais foram 175 acidentes com 201 feridos e 11 mortos nas rodovias federais, uma diminuição de 49% no número de acidentes, 48% no número de feridos e 52% no número de mortos se comparado com 2017.

Este ano, foram aplicadas 8853 multas por excesso de velocidade, 1281 multas por ultrapassagens proibidas e foram realizados 5043 testes de alcoolemia com 120 autuações e 12 prisões.

O maior número de acidentes graves com mortes aconteceram devido a colisões frontais e atropelamentos. Quatro acidentes aconteceram na BR-381, sendo a maior parte deles no trecho duplicado na saída para São Paulo. O acidente mais grave aconteceu na BR-267 em Juiz de Fora, com 3 mortes. Este acidente envolveu uma ambulância de Cataguases.

Região

Na região de atuação da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Leopoldina foram 5 acidentes com 5 feridos e nenhum morto. Uma redução de 75% no número de acidentes e feridos se comparado com o ano passado e 100% em relação ao número de mortes. No ano passado houve 1 morte.

Ao todo foram fiscalizados 773 veículos e 753 pessoas. Foram lavrados 418  Autos de infração, sendo 6 por condução sob efeito de álcool, 103 por falta de uso de cinto ou cadeirinha e 89 por ultrapassagem indevida. Também foram realizados 465 testes de alcoolemia e 29 veículos foram recolhidos, sendo realizadas 137 imagens de radar.

A PRF de Leopoldina também realizou palestra de educação para o trânsito para 190 pessoas.

A área da PRF de Leopoldina compreende os trechos: BR-116 do Km 607,8 (São João do Manhuaçu - MG) ao Km 817,3 (divisa de Minas com o Rio de Janeiro), BR-267 do Km 08 (trevo da BR-116) ao 61,9 (trevo de Bicas) e BR-356 do Km 264,4 (Muriaé-MG) ao 288,4 (trevo de Eugenópolis).

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Jovem esfaqueia marido após ser agredida e é presa por tentativa de homicídio

Uma mulher de 22 anos, moradora de Boa Família, distrito de Muriaé, foi detida na manhã desta terça-feira (14) após confessar ter esfaqueado o marido, de 20 anos, no torax. O rapaz foi internado no Hospital São Paulo em Muriaé em estado grave.

Conforme a PM, o jovem negou em um primeiro momento que teria sido esfaqueado pela esposa, mas acabou relatando ao médico que havia sido esfaqueado pela companheira.

Após ser detida pela PM, a mulher confessou a agressão e disse que teria esfaqueado para se defender. Ela alegou que o marido teria chegado bastante alterado em casa, já bem tarde, com sinais de que estaria alcoolizado e que durante a discussão o mesmo a agrediu com socos e tapas, momento em que ela desferiu o golpe. Ao ver que o marido sangrava muito, ela pediu socorro ao responsável pela ambulância do distrito, que conduziu o casal para hospital.

A jovem entregou a faca aos policiais e foi encaminhada para a delegacia de Polícia Civil no bairro Safira. A ocorrência foi registrada como tentativa de homicídio e não como lesão corporal como acontece em outros casos.


Com informações e foto da Rádio Muriaé

Esquema de sonegação Fiscal no ramo de papéis é descoberto em Cataguases

Empresas possuíam mais de R$ 1,3 bilhão em dívida ativa


O Jornal Tribuna de Minas, informou nesta quinta-feira (15), sobre um esquema de um grupo de empresas do ramo de fabricação de papéis e derivados utilizado para sonegação fiscal em Cataguases. Segundo o jornal, as empresas possuíam mais de R$ 1,3 bilhão em dívida ativa. O esquema foi desvendado pela Procuradoria-Seccional da Fazenda Nacional de Juiz de Fora (PSFN/JF).


TRF1 - Foto: anajus.org.br
A matéria diz ainda que "as suspeitas de fraude contra a empresa começaram há cinco anos. Após o episódio de rompimento de uma barragem em Cataguases, ocorrido em março de 2003". "O Ministério Público Federal (MPF) iniciou as investigações sobre a responsável pela estrutura, que já possuía, na época, uma dívida ativa com a União. De posse dos relatórios desta investigação, em 2012, a Divisão de Grandes Devedores (Digra) da PSFN-JF observou divergências nas informações repassadas pela empresa. A partir destes dados, o órgão iniciou um trabalho de pesquisa que apontou o esquema de sonegação envolvendo um grupo da cadeia produtiva do ramo de papéis em Cataguases".

Conforme o Tribuna de Minas, foi verificado que quem administrava a empresa investigada pelo MPF era um sócio oculto, proprietário de um grande negócio de embalagens em São Paulo. A investigação comprovou que outras 45 empresas eram mantidas com a finalidade de simular emissão de notas fiscais para reduzir o valor dos impostos.

Com a descoberta do esquema, o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), com sede em Brasília, manteve a decisão liminar da Vara da Fazenda de Muriaé que determinou o bloqueio de 60 imóveis e mais de 50 veículos, além de investimentos e contas bancárias de um grupo de empresas com sede em Cataguases.

A principal empresa envolvida, está desativada desde 23 de dezembro de 2015, ocasião em que cerca de 300 postos de trabalho foram fechados no município. Centenas de ações trabalhistas correm no  Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 3ª Região. A Procuradoria-Seccional da Fazenda Nacional de Juiz de Fora (PSFN/JF) também investiga a veracidade de algumas ações de maior valor para saber se também não constituem fraude em nome de "laranjas" com a finalidade de ganhar na justiça o patrimônio e devolver aos proprietários.

Confira a matéria na íntegra do Jornal Tribuna de Minas clicando aqui.

*Com informações do Jornal Tribuna de Minas
Leia também

Após quase 20 meses parados funcionários da Cataguases de Papel buscam mais uma vez ajuda na Câmara

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Acidente envolvendo ambulância de Cataguases deixa três mortos e quatro feridos próximo a Juiz de Fora

Fotos: Jurandir
Um acidente na BR-267, envolvendo um veículo VW Gol, placas de Juiz de Fora e uma ambulância de Cataguases, deixou três mortos e quatro feridos na madrugada desta quarta-feira (14).

De acordo com informações preliminares, o acidente ocorreu por volta das 2h30, no Km 84,9 daquela rodovia, próximo ao bairro Floresta em Juiz de Fora. O automóvel Gol seguia para Mar de Espanha e a ambulância para Juiz de Fora. Com o choque o VW Gol que seguia com cinco ocupantes foi parar fora da pista. O condutor de 21 anos teve ferimentos leves, um jovem de 18 anos teve lesões graves, e os outros três ocupantes sendo um rapaz de 18 anos e duas mulheres, ambas de 20 anos morreram no local. Na ambulância, haviam três ocupantes: O condutor de 52 anos que saiu ileso, um médico de 37 anos que teve ferimentos leves e o paciente de 41 anos que teve ferimentos graves.

Todos os socorridos foram levados para o HPS de Juiz de Fora e as vítimas fatais para o IML também de Juiz de Fora.

Com informações do repórter Kadu Fontana. 

Líder comunitário morre após ser eletrocutado e cair de árvore em Muriaé

Um homem identificado como Luiz Carlos Magalhães, 49 anos, morreu após ser eletrocutado enquando fazia uma poda em uma árvore na rua Maria C. do Carmo, bairro Santana em Muriaé. Com o choque, a vítima caiu da árvore e quebrou o pescoço.

De acordo com informações o homem estaria utilizando uma foice para cortar os galhos da árvore. Um dos galhos caiu e atingiu a rede elétrica e a foice passando a descarga elétrica para o homem. A vítima caiu de uma altura de aproximadamente 5 metros. O médico do Samu que esteve no local e constatou o óbito, afirmou que ele sofreu fratura no pescoço e traumatismo craniano.

Funcionários da companhia Energisa fizeram o corte no fornecimento de energia elétrica na região para evitar novos incidentes. A perícia da Polícia Civil também foi acionada e irá colher dados que possam auxiliar na apuração dos fatos.

Após os trabalhos periciais o fornecimento de energia elétrica foi restabelecido e o corpo de Luiz Magalhães seguiu para exames no Instituto Médico Legal (IML), no centro de muriaé para determinar se a morte foi devido ao choque elétrico ou ao trauma da queda.

Luiz Carlos Magalhães foi presidente da Associação de Moradores do Bairro Santana (AMOBASA) por cinco mandatos, foi Administrador do Cemitério Municipal de Muriaé no ano de 2014 e candidato a vereador em diversas ocasiões sem ter sido eleito.

Com informações e foto da Rádio Muriaé 

Morador de Cataguases morre afogado em cachoeira em Miraí

Um morador de Cataguases, identificado como Paulo Jorge Ferreira Filho, 38 anos, morreu afogado no Rio Muriaé no trecho que passa em Miraí, próximo ao distrito de Boa Família.

O corpo foi retirado na manhã desta terça-feira (13), pelo Corpo de Bombeiros de Muriaé. 

Apenas familiares da vítima estavam na cachoeira que fica próximo a rodovia Miraí - Muriaé. Eram dois casais, e um dos homens resolveu nadar e pode ter apavorado com as águas profundas do rio, vindo a se afogar. 


O corpo foi resgatado e após os trabalhos da Perícia Técnica da Polícia Civil, foi liberado para uma funerária.

*Com informações e fotos do Site do Silvan Alves

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Polícia Militar de Cataguases flagra furto de motocicleta antes do proprietário perceber; Um maior foi preso e um menor apreendido

A Polícia Militar de Cataguases recuperou uma motocicleta no momento em que estava sendo furtada em Cataguases, antes mesmo do proprietário perceber o furto, na madrugada desta terça-feira (13).

Conforme a PM, a abordagem ocorreu na Vila Domingos Lopes, após denuncias anônimas de que dois indivíduos tinham sido vistos empurrando um veículo, em atitude suspeita. Questionados, os autores, um rapaz de 19 anos e um menor de 14 anos acabaram por confessar o furto e disseram que a motocicleta estava estacionada a altura do número 299 da Rua Antônio Henriques Felipe, no bairro Thomé. 

A Polícia deslocou até o endereço citado e conseguiu localizar a vítima, que ainda não havia percebido que seu veículo havia sido furtado. 

O maior recebeu voz de prisão em flagrante e o menor de apreensão. Ambos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil em Leopoldina onde tiveram os flagrantes ratificados. O maior foi levado para o presídio local e o menor infrator liberado aos cuidados do responsável que o acompanhava.

Núcleo de Estudos em Agroecologia seleciona profissionais e estudantes para projetos

Lançado edital de seleção de profissionais e estudantes para o desenvolvimento dos projetos do Núcleo de Estudos em Agroecologia, Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional do IF Sudeste MG, em Rio Pomba. São ofertadas uma bolsa de Extensão para graduado em Tecnologia ou Bacharelado em Agroecologia no valor de R$ 1.100/mensais, duas bolsas de apoio técnico em Extensão para estudantes de Tecnologia ou Bacharelado em Agroecologia de R$ 550 cada e uma bolsa de Iniciação ao Extensionismo para estudante de Agroecologia ou Ciência e Tecnologia de Alimentos de R$ 360 por mês. Os interessados devem fazer a inscrição entre os dias 19 e 23 de fevereiro, das 7h30min às 16h30min, na Diretoria de Extensão. A seleção será feita por meio de análise curricular e entrevista. O resultado será divulgado em 2 de março.

Os candidatos devem apresentar a seguinte documentação para efetivar a inscrição:

Bolsa de Extensão:

  • Ficha de inscrição devidamente preenchida;
  • Cópia comprovada de currículo lattes;
  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia do histórico escolar de graduação (com coeficiente de rendimento);
  • Cópia de CPF e RG.

Bolsa de Apoio Técnico em Extensão:
  • Ficha de inscrição devidamente preenchida;
  • Cópia comprovada de currículo lattes;
  • Cópia do diploma de graduação;
  • Cópia do histórico escolar de graduação (com coeficiente de rendimento);
  • Cópia de CPF e RG.

Bolsa de Iniciação ao Extensionismo

  • Ficha de inscrição devidamente preenchida;
  • Cópia comprovada de currículo lattes;
  • Comprovante de matrícula no curso de graduação;
  • Cópia do histórico escolar de graduação (com coeficiente de rendimento);
  • Cópia de CPF e RG.
  • A fase de análise curricular terá seu resultado divulgado em 26 de fevereiro. A entrevista com os convocados será realizada nos dias 27 e 28.

Mais informações no edital (clique aqui)

Fonte: Assessoria de Comunicação IF sudeste Rio Pomba

Nova lei determina que os preços dos produtos devem ter destaque no e-commerce

Pequenos negócios que vendem pela internet devem estar atentos à nova lei para o comércio eletrônico no Brasil. Em vigor desde o final do ano passado, a legislação determina que os preços dos produtos à venda devem estar no site com letras grandes e legíveis, ao lado da imagem do produto ou descrição do serviço.

A Lei nº 13.543, sancionada em dezembro de 2017, estabelece que o valor dos produtos ou serviços deve estar visível e escrito com tamanho de fonte que não seja inferior a 12. “Muitos consumidores têm dificuldades de encontrar, de forma clara, o preço no site, que muitas vezes está escrito com letras pequenas ou até ilegível, dificultando a leitura de quem quer comprar ou induzindo ao erro”, explica o analista do Sebrae Minas Marcelo Massensini.

Em caso de descumprimento da norma, o fornecedor estará sujeito às sanções administrativas previstas no artigo 56 do Código de Defesa do Consumidor, que prevê, entre outras penalidades, multas e suspensão temporária da atividade.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em 2017 o e-commerce cresceu 12% em relação ao ano anterior e somou um faturamento de R$ 59,9 bi. Para 2018, a previsão é que o segmento cresça 15% e fature R$ 69 bilhões.


“O e-commerce é um mercado muito importante para os pequenos negócios. Segundo levantamento do Sebrae, do total de empresas que vendem exclusivamente pela internet, 90% são Microempreendedores Individuais (MEI) e Micro e Pequenas Empresas (MPE). Além disso, Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro são os estados que mais compram pela internet e juntos abrigam a maior parte das sedes do e-commerce”, justifica Massensini.  


Fonte: ABComm / Assessoria de Imprensa do Sebrae Minas

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Pelo menos nove homicídios são registrados em cidades da Zona da Mata neste sábado e domingo de Carnaval

Vários homicídios aconteceram nas cidades proximas a Cataguases, na Zona da Mata Mineira, neste sábado e domingo de Carnaval.

Sábado

No sábado (10), Cataguases acordou com a notícia de seu primeiro homicídio do ano. Bruno Cláudio Marques Toneli, 32 anos, foi morto com cerca de oito tiros na porta de sua residência no Bairro Sol Nascente. Leia a matéria na íntegra aqui.

À tarde, o proprietário de um bar na Rua Elias Antônio Laud, bairro Ponte Preta em Ubá, foi morto com pelo menos quatro tiros dentro de seu estabelecimento comercial. A vítima, Bruno Morais do Santos Mazala, 25 anos, estava bebendo com amigos quando um homem não identificado chegou no local e disparou várias vezes. Um outro homem em uma motocicleta deu fuga para o autor, tomando rumo ignorado. Este já é o sexto homicídio do ano em Ubá.

Já no início da noite, um jovem morreu e outras duas ficaram feridas em um atentado na Rua Eduardo Braga, no bairro Gaspar em Muriaé. Deyvson Douglas Dias Lataliza, de 21 anos morreu na hora e um jovem de 29 anos e um homem, morador do local ficaram feridos. O rapaz de 29 anos foi internado em estado grave. Dois homens em um veículo Gol prata foram apontados pelas testemunhas como autores do crime. Segundo elas, o automóvel parou e um homem desceu, realizou vários disparos em direção as vítimas e fugiu. confira a matéria na íntegra aqui.

Domingo

Na manhã deste domingo (11), um homem de 39 anos foi asassinado dentro de sua residência no Bairro Tiguera, em Juiz de Fora. A vítima foi encontrada sem roupa, sobre a cama pelo pai. A Perícia Técnica da Polícia Civil encontrou sete perfurações causadas por tiro no corpo, na região do abdome, antebraço, ombro e nádegas. A motivação do crime ainda será investigada.

No início da tarde, um jovem de 24 anos, identificado como Christian Douglas de Paula de Oliveira Bernardo, foi morto com pelo menos três tiros no tórax na Rua Vindilino Furtado de Mendonça, bairro Bela Vista em Guarani. Conforme informaçãos preliminares, o motivo foi uma discussão com o proprietário de um bar, de 53 anos, que teria sacado uma arma calibre 22 e efetuado os disparos. O autor fugiu em seguida.

Em São João Nepomuceno, à noite, um homem identificado como Alexandro Batista Venancio, 39 anos, foi morto com 13 tiros na Rua Luiz Brum Sales, bairro Santa Rita. A vítima tinha várias passagens pela polícia por roubo e a princípio, a morte teria ligação com algum roubo praticado pela vítima. Ninguém ainda foi preso.

Além das cidades próximas a Cataguases, também foram registrados homicídios em Matipó, Santa Margarida e Manhumirim, todas cidades da Zona da Mata Mineira.


Todos os casos estão sendo investigados pela Polícia Civil.

Polícia Militar de Miraí prende jovem de Cataguases por tráfico no sábado de Carnaval

Militares da 146ª Cia PM, lotados em Miraí, lograram êxito na prisão de um jovem de 20 anos, por tráfico de drogas na cidade, neste sábado (10).

Durante patrulhamento de carnaval, na Praça Doutor Miguel Pereira, no centro de Miraí, os militares receberam denúncia por telefone, por volta de 23 horas, de que um indivíduo, oriundo de Cataguases, estava traficando na praça, atrás do palco. O denunciante ainda informou que o indivíduo era conhecido no meio policial como traficante do bairro São Marcos, tendo sido preso no ano de 2017 por este crime. Ele repassou as características do cidadão e informou que ele estava vendendo drogas de forma explícita.

Os militares foram averiguar a denúncia e avistaram o indivíduo com as características repassadas. Ao perceber a aproximação dos policiais, o suspeito mudou bruscamente a direção, sendo dada ordem de parada a ele; ainda assim ele tentou correr, mas foi detido pelos militares. Após busca pessoal, foram localizados no bolso da bermuda do abordado sete pinos de substância análoga a cocaína, uma bucha de sustância análoga a maconha e uma nota de R$10,00. O cidadão afirmou ser menor de idade, porém, após consulta ao sistema SIDS, os militares verificaram que o indivíduo tinha 20 anos de idade e havia sido preso em 20 de fevereiro de 2017 por tráfico de drogas (menos de ano). Segundo o autor, foi liberado da prisão em maio de 2017 e estava aguardando para prestar serviço comunitário como pena alternativa.

Há denúncias sobre o envolvimento do indivíduo em roubos e tráfico na cidade de Cataguases, onde é conhecido pela alcunha de "Amendoim".


O indivíduo recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil em Leopoldina, juntamente com os materiais apreendidos. Ele foi encaminhado para o presídio de Leopoldina, após ter o flagrante ratificado.

Com informações da Assessoria de Comunicação da 6ª Cia PM Ind

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Boato em Redes Sociais de que crianças com necessidades especiais ficariam sem profissional de Apoio é desmentido pela Secretaria de Educação de Cataguases

A Secretaria Municipal de Educação (SME) através do secretário José Fernando Milane, emitiu nota à imprensa neste sábado (10), desmentindo boato de que estariam sendo realizados cortes de profisionais de Apoio para crianças com necessidades especiais da Rede Municipal de Ensino com o objetivo de economizar.

Conforme a nota, não procede, sob qualquer hipótese, os boatos propagados através de Redes Sociais ou de outras mídias de que aquela pasta estaria realizando cortes de profissionais de Apoio com o objetivo de economizar. As medidas realizadas pela SME, visam exatamente o contrário, que é oferecer maior qualidade aos alunos assistidos e está de acordo com toda a legislação em vigor.

Ainda segundo a SME, desde o segundo semestre de 2017 que o Núcleo de Apoio à Inclusão - NAI, juntamente com profissionais médicos, vem promovendo os esclarecimentos e discussão com cada familiar e responsáveis sobre a evolução, potencialidades e habilidades das crianças com necessidades especiais. Além disto, foi exposto para todos que estiveram presentes nestes encontros promovidos em 2017, que teriam em 2018, os encaminhamentos devidos de apoio não somente reconhecidos como garantidos a cada necessidade especial com o profissional de apoio específico conforme garante a legislação.

Conforme esclarecido, não faltará nenhum profissional de Apoio às crianças que necessitam. "O que se quer, é  que tendo garantido o que está na legislação específica para educação especial - aluno e profissional de apoio - estarão daqui pra frente atendendo com maior qualidade e eficiência o direito da criança e do adolescente à educação inclusive e para isso se cumprir, a coordenadora do NAI junto a sua equipe técnica, já estabeleceu uma agenda de atendimento a partir de 19 de fevereiro próximo, para cada uma dessas crianças que estão sem o profissional de apoio, uma vez que não existe o  laudo ainda, para tão logo esclarecendo diagnóstico e se assim for garantido em laudo o direito dessa criança obter o profissional de apoio, a secretaria de educação proceda  imediatamente de acordo com a resolução 001/2018, a designação desse profissional", diz a nota.


Confira abaixo a nota da Secretaria Municipal de Educação na íntegra

A Secretaria Municipal de Educação vem por meio desta nota esclarecer sobre a reorganização do trabalho do Núcleo de Apoio à Inclusão realizado frente a Educação Especial conforme preconiza a Constituição Federal, a Lei de Diretrizes e Bases, a Política Nacional da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, a Lei Brasileira de Inclusão e Lei Municipal Nº 3.795 (criação do NAI), contribuir para o acesso e permanência do educando com Necessidades Educacionais Especiais na escola. 
A proposta do trabalho visa não restringir o educando à sua deficiência, mas sim elevar a sua potencialidade, a sua subjetividade e suas necessidades enquanto sujeito.
A forma descontextualizada de compreender o sujeito e todo o processo pedagógico conduz a uma generalização que estabelece com base na deficiência que os estudantes público alvo deverão ter outro professor permanente dentro da sala de aula, desconsiderando as outras formas de Apoio já existentes tais como: Terapia Ocupacional, Psicologia, Psicopedagogia, Serviço Social, Atendimento Educacional Especializado, Supervisor Pedagógico, médico, bem como outros agentes envolvidos na educação. 
Com a finalidade de assegurar a inclusão escolar de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, transtorno do espectro autista matriculados no sistema do ensino municipal (Educação Infantil e Ensino Fundamental) foram realizadas em 2017 consultas médicas para mais de 50 alunos através da Secretaria de Educação em parceria com Secretaria de Saúde. 
Para melhor qualidade de ensino faz-se necessário avaliação e reavaliação do trabalho no processo de reflexão e prática dos profissionais que atendem os alunos nas unidades escolares, para que possibilitem mudanças conceituais, político e pedagógicas, coerentes com o propósito de tornar efetivo o direito de todos à educação, preconizado pela Constituição Federal de 1988, oportunizando aos educandos a continuidade nos demais níveis de ensino.
Sendo assim, além do apoio profissional e técnico já fornecido pela Prefeitura de Cataguases através do NAI - Núcleo de Apoio à Inclusão, as salas de AEE – com os profissionais e atendimentos exclusivos às crianças e alunos com necessidades especiais da rede municipal de ensino e conforme determina a legislação vigente, os alunos da rede municipal de ensino, providos de laudos médicos e tendo passado por avaliações de toda equipe técnica da educação especial municipal, integrado à equipe pedagógica escolar onde o aluno está matriculado e frequente, com a participação e presença dos responsáveis em reuniões e terapia desde o segundo semestre de  2017, quando o NAI e profissionais  Médicos vieram promovendo os esclarecimentos e discussão com cada familiar e responsáveis sobre a evolução, potencialidades e habilidades dessas crianças, foi exposto a todos que estiveram presentes nesses encontros em 2017, que teriam em 2018, os encaminhamentos devidos de apoio não somente reconhecidos como garantidos a cada necessidade especial com o profissional de apoio específico conforme garante a legislação. 
Portanto, não procede, sob qualquer hipótese, as informações propagadas pelas diversas outras  formas de mídias, elencando sobre  o corte de apoio  para a prefeitura reduzir custos ou economizar. O que se quer, é  que tendo garantido o que está na legislação específica para educação especial -aluno e profissional de apoio - estarão daqui pra frente atendendo com maior qualidade e eficiência o direito da criança e do adolescente à educação inclusive e para isso se cumprir, a coordenadora do NAI junto a sua equipe técnica, já estabeleceu uma agenda de atendimento a partir de 19 de fevereiro próximo, para cada uma dessas crianças que estão sem o profissional de apoio, uma vez que não existe o  laudo ainda, para tão logo esclarecendo diagnóstico e se assim for garantido em laudo o direito dessa criança obter o profissional de apoio, a secretaria de educação proceda  imediatamente de acordo com a resolução 001/2018, a designação desse profissional.


Mesmo sem programação oficial do Carnaval não faltou opções para os foliões no sábado em Cataguases

Pela primeira vez, a noite de sábado de Carnaval trouxe diversas opções para os foliões na cidade.

Sem programação oficial devido a falta de envio de recursos pelo Governo de Minas para as prefeituras, vários eventos privados aconteceram neste sábado (10) em Cataguases.

Dois blocos fizeram a festa na região central da cidade. Na Avenida Astolfo Dutra, o Bloco Bacanaço animou uma multidão no seu "Concentra mais não sai". Já no Clube do Remo o Bloco Corda Preta concentrou até pouco depois das 21 horas e saiu, passando pela Praça Santa Rita e Avenida Astolfo Dutra.






Na Praça Chácara Dona Catarina os foliões também se divertiram ao som do DJ Rodrigo Mendes e no bairro Taquara Preta também houve folia de Carnaval até a meia noite.





Os eventos continuam na Praça Chácara Dona Catarina e bairro Taquara Preta até terça-feira.

A Polícia Militar também marcou presença em todos os eventos.



Confira abaixo mais fotos do Bloco Bacanaço e do Carnaval da Família na Praça Dona Catarina: