terça-feira, 28 de outubro de 2014

Prefeitura tenta aprovar novamente homologação do contrato com Nunes e Amaral e revogação do loteamento Floresta

A Sessão da Câmara desta terça-feira (28), terá mais uma tentativa por parte do Executivo em aprovar o projeto que tenta homologar o contrato com o escritório de advocacia Nunes e Amaral, além do projeto que revoga artigos da Lei nº 2302/1994 que autorizou o Loteamento Floresta.

O Projeto de Lei que tenta homologar o contrato com a Nunes e Amaral, deu entrada na Câmara Municipal, no dia 9 de julho deste ano e pretende reconhecer um contrato verbal entre a Prefeitura Municipal de Cataguases e o escritório de advocacia, que ganhou um processo na justiça contra o INSS que trará para os cofres municipais, benefícios próximos aos R$ 2 milhões que poderão ser descontados. Caso aprovado, a prefeitura poderá pagar a comissão dos advogados na ordem de 10%. Este projeto, após a sessão do dia 9 de julho,  já esteve em discussão por outras 3 sessões, sendo que na última, no dia 9 de setembro, o vereador Vinícius Machado solicitou o pedido de vistas por uma sessão.

Saiba mais

Já o projeto nº 75/2014, visa desfazer um acordo entre o Município e o proprietário do Loteamento Floresta, Sr. Manoel Luiz Mathias, que é prefeito de Santana de Cataguases. O acordo inicial, feito em 1994, previa que o Município seria o responsável pela colocação de toda a infraestrutura no loteamento e em troca receberia 40 lotes para serem doados. O município acabou não realizando a infraestrutura do local mas doou os lotes o que causou a polêmica para aprovação deste projeto.

Confira abaixo toda a pauta para a sessão desta terça-feira:

SESSÃO ORDINÁRIA
ORDEM DO DIA
28/10/2014
ÀS 18:30 HORAS

Convite: Coordenador do Setor de Epidemias Senhor Alencar
Assunto: Apresentação trabalhos para enfrentamento da Dengue e as perspectiva na área

Executivo:

Nº 73/2014 Homologa existência de contrato firmado entre o Município de Cataguases e o escritório de advocacia NUNES AMARAL ADVOGADOS, autoriza pagamento de honorários advocatícios e dá outras providências.

Nº 75/2014 Revoga os Artigos 2º e 3º da Lei nº 2302/1994 e dá outras providências (Loteamento Floresta)

Nº 83/2014 Autoriza a abertura de crédito especial por anulação de dotação e dá outras providências. (2ª votação)

Legislativo:
Projetos de Lei:

Nº 54/2014 Dispõe sobre a regulamentação do pagamento de diária no âmbito da Câmara Municipal de Cataguases MESA DIRETORA.

Requerimento:
Nº 145/2014 Requer do Poder Executivo o que segue: qual o valor arrecadado de IPVA referente ao ano 2013 e de 2014. Vereador JOÃO MANOELINO DA SILVA BOLINA.

Nº 146/2014 Requer do Poder Executivo o que segue: Do valor arrecadado do IPVA em 2013 e 2014, qual valor foi repassado para a Secretaria de Saúde? Qual o valor foi repassado para a Secretaria de Educação? Vereador JOÃO MANOELINO DA SILVA BOLINA.

Nº 147/2014 Requer do Poder Executivo o que segue: Informações sobre a possibilidade de se construir uma Creche para atender crianças de 4 meses e 2 anos de idade do Bairro São Vicente, Justino, Vila Reis, Carijós e Adjacentes, dentro ou até mesmo no terreno ao lado da Escola Municipal Darcilia Guimarães. Vereador LUIZ CARLOS DA SILVA SODRÉ.

Entrega pelos Vereadores das Moções de Congratulações.

GRANDE EXPEDIENTE:

Inscritos:

01) José Augusto Guerreiro Titoneli.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila