quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Votação para o Orçamento 2015 da Prefeitura de Cataguases é adiada devido emendas

A Lei Orçamentária Anual (LOA), que é o Orçamento para 2015 da Prefeitura Municipal de Cataguases, não pode ser votada na sessão ordinária da Câmara Municipal desta terça-feira (2), devido 2 emendas realizadas pelo vereador Mauricio Rufino e Vinicius Machado, forçando que o projeto descesse para as comissões. Com isso, a Câmara corre o risco de ser obrigada a adiar o recesso parlamentar, caso não consiga votar o orçamento até o dia 23 de dezembro.

O vereador Geraldo Majella, alertou para este risco, uma vez que são duas votações, e sugeriu ao presidente para fazer uma convocação extraordinária. "Nós já paramos duas vezes e nós temos condições de avaliar essas duas emendas que são pequenas hoje" disse Majella, porém, o vereador Serafim Spíndola, disse que além disso estavam faltando quatro vereadores (3 deles estavam participando de curso na AMM).

Após discussão, ficou acordado que a primeira votação do Orçamento deverá acontecer em uma sessão ordinária e a segunda votação em uma convocação extraordinária.

As emendas, são basicamente de remanejamento de verbas, para o Orçamento de 2015, está previsto o montante de R$ 124.726.763,95 (cento e vinte e quatro milhões, setecentos e vinte e seis mil, setecentos e sessenta e três reais e noventa e cinco centavos).

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
08 - Domingo 09 - Segunda 10 - Terça 11 - Quarta 12 - Quinta 13 - Sexta 14 - Sábado
N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas Sta Rita Dose Certa
Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos Saúde e vida Drogasil