quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Justiça interfere no carnaval de São João Nepomuceno e blocos ameaçam não desfilar

A justiça, através da Portaria nº 01/2015/GAB, assinada pela juíza Flávia de Vasconcellos Araújo, titular da 1ª Vara da comarca de São João Nepomuceno, resolveu interferir no tradicional carnaval são-joanense. 

Foto: sjnepomuceno.mg.gov.br / Divulgação
Com a nova portaria, os blocos serão obrigados a contratar segurança particular, realizado por empresa credenciada pela Polícia Federal (PF), além de ficar proibido a distribuição de bebidas alcoólicas em blocos e escolas de samba e a participação de menores de 18 anos no evento. A justificativa, foi devido a várias ocorrências de crimes  nos anos anteriores.

Em nota, a Prefeitura de São João Nepomuceno afirmou que vai acatar as medidas da Portaria, mas, por outro lado, muitos blocos ameaçam não desfilar e três deles, Zé Pereira, Quatro Gerações e Terceiro Andar, já confirmaram que não vão desfilar este ano.

O Bloco do Barril, o maior e mais tradicional da cidade, famoso por distribuir cachaça  durante o desfile, também pode ficar de fora da festa em 2015, a diretoria está estudando o caso e acredita que a contratação de seguranças, aumentaria muito os custos e vicaria inviável.

Em nota, a Prefeitura de São João Nepomuceno, informou que irá acatar na íntegra a Portaria que regulamenta a realização de eventos carnavalescos em 2015 na cidade. A nota afirma, ainda, que o Executivo se reunirá com integrantes dos blocos e escolas de samba do município, para apoio nos eventos.

*Com informações do G1


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila