domingo, 4 de janeiro de 2015

Números de mortes em rodovias federais cai. Confira o balanço de Ano Novo da PRF

Ao contrário do que muitos pensam, o feriado da virada de ano é menos violento nas rodovias federais do que o período das festas natalinas. Foto: O Vigilante On line
Desde o início de dezembro a PRF está envolvida em um grande esforço para redução dos índices de letalidade nas rodovias federais. O levantamento preliminar de Ano Novo, entre o sábado após o natal (27) e a quinta-feira (1º), apontou uma queda de 47% no índice de acidentes graves (aqueles que resultam em, ao menos, um ferido grave ou um óbito), o que levou a uma redução de 26% na taxa de mortalidade e de 25% na taxa de feridos. Apesar das reduções, muitas famílias começaram 2015 em luto: 127 pessoas perderam a vida e outras 1592 ficaram feridas em 2135 acidentes nas rodovias federais.


Pelas características das festas de réveillon, as ações integradas intensificaram as fiscalizações de combate à embriaguez e, somente nas rodovias federais, 822 pessoas foram flagradas dirigindo após consumir bebida alcoólica. Enquanto no feriadão de Natal eram necessários 63 testes de alcoolemia para flagrar um motorista alcoolizado, neste feriado de Ano Novo a cada 53 testes um condutor foi autuado ou preso.

Ao contrário do que muitos pensam, o feriado da virada de ano é menos violento nas rodovias federais do que o período das festas natalinas. A festa de cunho religioso costuma ser marcada por reuniões familiares e, para muitas famílias, inicia também o período de descanso e as viagens de férias, com retorno já em meados de janeiro. Dessa maneira, na saída para o Natal o movimento nas estradas é concentrado e uniforme, com fluxo intenso de veículos em todas as BRs, ao contrário do que ocorre na época das festas de Réveillon, quando o volume de tráfego é direcionado para as regiões litorâneas.


Durante o levantamento realizado nos locais dos acidentes, a PRF constatou que em grande parte deles alguma regra de trânsito havia sido desobedecida. A ultrapassagem indevida, a velocidade excedente e a embriaguez ao volante são as grandes vilãs nas rodovias federais. Somadas, essas condutas são responsáveis por mais de um terço das mortes que ocorrem nas Brs. Por essa razão, as ações da Operação Rodovida priorizam a fiscalização dessas infrações e daquelas relacionadas ao uso de motocicletas.

Buscando incentivar a mudança de atitude dos condutores, além da fiscalização, campanhas publicitárias são veiculadas na mídia e ações de educação para o trânsito acontecem ao longo das rodovias, alertando os motoristas sobre as graves consequências que uma atitude incorreta pode provocar.

A Operação Integrada Rodovida envolve a União, Estados e Municípios no enfrentamento à violência no trânsito durante as comemorações de final de ano, férias escolares de janeiro e Carnaval, quando milhões de brasileiros pegam a estrada. Esse recorte de Ano Novo representa um balanço parcial da Operação, que terá seu resultado final apresentado após o Carnaval.

Números preliminares, inseridos no sistema informatizado até às 07h00 do dia 02 de janeiro de 2015:

  • Pessoas fiscalizadas no período: 135.649
  • 127 mortos (redução de 26% no índice de mortalidade – 1,46 por milhão de veículos)
  • 2.135 acidentes (redução de 23% no índice de acidentes – 24,5 x milhão de veículos)
  • 227 acidentes graves (redução de 47% no índice de acidentes graves – 2,61 x milhão de veículos)
  • 1.592 feridos (redução de 25% no índice de feridos – 18,34 x milhão de veículos)
*Fonte: O Vigilante Online com informações da Polícia Rodoviária Federal.

Farmácias de Plantão em Cataguases
04 Domingo
05 Segunda
06 Terça
07 Quarta
08 Quinta
09 Sexta
10 Sábado
FarmaCenter São Geraldo Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza
N. Sra Rosário Silveira Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II