sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

VÍDEO: Vereador Serafim Spíndola explica porque não concorda com os valores do carnaval 2015 em Cataguases

A Câmara Municipal de Cataguases, votará nesta sexta-feira (9), os projetos para liberação de recursos para as escolas de samba, blocos e distritos realizarem o carnaval. Ao todo, serão R$ 151 mil para as agremiações e blocos caricatos, além de premiação entre outras coisas, mais R$ 5 mil para os distritos, que pode chegar ao total de R$ 25 mil caso todos distritos estejam com a prestação de contas em dia com a Secretaria Municipal de Fazenda, condição para receber a verba do carnaval. Além desse valor, a prefeitura gasta ainda com a organização do evento.

Saiba mais:

Projetos para repasse de verbas as escolas de samba e blocos de Cataguases, serão apreciados amanhã pela Câmara Municipal

Um dos maiores opositores da liberação desses recursos, é o vereador Serafim Couto Spíndola, que recebeu nossa reportagem ontem a tarde, para explicar seus motivos. O vereador entende, que a verba do carnaval irá fazer falta aos cofres públicos. Segundo serafim, durante o ano, a prefeitura só pagou 2 meses em dia e 10 meses, atrasado. "Se você for lá na Policlínica, nós estamos sem remédios na farmácia pra dar ao povo. [...] a prefeitura não tem dinheiro... [...] Eu vou me sentir com a consciência pesada. Não tenho condição de encarar o eleitor, ele sabendo que eu votei para que gastem uma fortuna dessa com o carnaval [...] resumindo a história, nós podemos contar R$ 300 mil a R$ 400 mil reais de gastos com quatro dias e vamos ficar os outros 361 dias do ano, lamentando esses 4 dias? Não é justo com a população, nós estamos sem os serviços básicos" disse.

Serafim deixa claro que não é contra o carnaval, mas que gostaria de um carnaval mais modesto, com gastos em torno de R$ 50 mil.

Segundo o vereador, o argumento de que o carnaval trás turismo e dinheiro, não o convence, bem como que o dinheiro é para uso exclusivo da cultura, pois segundo ele, não existia nem dotação orçamentária para o carnaval. "Pra você ter uma ideia, o Cesinha está passando de um ano para o outro com restos a pagar no valor de quase R$ 9 milhões, agora como que uma prefeitura deixa restos a pagar de um ano para o outro de R$ 9 milhões e pode pensar em fazer carnaval? esbanjar esse dinheiro? Espero que os carnavalescos me perdoem, eu não tenho nada contra o carnaval, só queria um carnaval mais modesto, dentro da nossa realidade, acho que nós temos outras prioridades além do carnaval, na saúde, educação e segurança" conclui Serafim.

Confira abaixo o vídeo na íntegra:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila