terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Distrito da Glória receberá 78 fossas sépticas visando melhorar o meio ambiente mas população chama atenção para degradação causada por mineradoras


Foi realizado na tarde desta segunda-feira (2), no salão do Clube Social de Glória, no distrito de Glória de Cataguases o lançamento do projeto Fossas Sépticas, que beneficiará 78 famílias de agricultores na Comunidade de Santa Maria do Glória, beneficiando diretamente 320 pessoas e indiretamente 2500 pessoas e melhorando a qualidade da água nos córregos Santa maria, Neblina e Sapecado, além de proteger as nascentes daquela região e despoluir a cachoeira do Glória, aumentando o ecoturismo.

O projeto, idealizado por Anésio Fernandes de Oliveira, o Neco, custará R$ 150 mil, patrocinados pela Fundação Banco do Brasil e tem a parceria da Emater e Prefeitura Municipal de Cataguases através das Secretarias Municipais de Assistência Social e Meio Ambiente. 

Estiveram presentes na reunião, representantes do Conselho de Desenvolvimento Comunitário do Distrito, os técnicos da Emater: Celso Luiz de Oliveira (Gerente Regional), Marco Aurélio (Coordenador Técnico Regional), Francisco Alvim de Souza (Técnico Local) e Oneide Aparecida Ferreira (Técnica em Bem Estar Social). Também, os Secretários Vanderlei Pequeno Teixeira Cardoso (Assistência Social) e José de Alencar Pinto Farage (Meio Ambiente) e demais representantes das Secretarias e do Vice-Presidente da Câmara Municipal de Cataguases, vereador Walmir Linhares, além de produtores e famílias da região.

Conforme explicou a nossa reportagem a responsável pela Economia Solidária da Secretaria Municipal de Assistência Social, Elisabeth Almeida Silva (Irmã Beth), a primeira fase já foi concluída, que é a captação dos recursos, que chegaram através da Fundação Banco do Brasil, compra dos materiais e licitação da empresa responsável pela construção das fossas.

As fossas sépticas biodigestoras, são um sistema inovador de esgoto sanitário, composto por três caixas coletoras com mil litros cada uma. Ficam enterradas no solo, funcionam conectadas exclusivamente ao vaso sanitário e são interligadas entre si por tubos e conexões de PVC. Fazem parte de uma das tecnologias recomendadas pela Fundação Banco do Brasil para a melhoria da qualidade de vida das comunidades rurais e integra o Banco de Tecnologias Sociais mantidos no portal da instituição na internet.

Após a reunião, todos os presentes participaram do tradicional "Café Rural", servido pelas Mulheres Rurais.

Denuncia

Durante a reunião, o ambientalista e produtor rural, Pedro Marques, questionou sobre a degradação das nascentes que esta sendo causada por mineradoras na região, pois, segundo ele, não adianta resolver o problema do esgoto, sem resolver a questão da mineração que esta degradando o meio ambiente. Como foi passado por outras pessoas, o problema já vem acontecendo há pelo menos 8 anos, sem nenhuma atitude do poder público. "Não devemos ficar indignado por outros governos não terem feito, mas sim, de não estarmos fazendo agora" disse o produtor.

Segundo informou uma das representantes da Secretaria Municipal do meio Ambiente, Jamaica Vilela, a denuncia foi feita de forma concreta, apenas na sexta-feira (30 de janeiro) e que o problema será verificado esta semana. Ela também marcou uma reunião para hoje, terca-feira, na Prefeitura e disse que a intenção é resolver o problema o mais rápido possível.

Também o Secretário, Vanderlei Pequeno, disse que o problema pode ir além da competência da Prefeitura e que o Ministério Público deveria ser envolvido, para agilizar a solução.

O vereador Walmir Linhares, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Cataguases, também falou aos presentes e ofereceu apoio da casa legislativa para discutir e solucionar o problema.

Dos três córregos que nascem no local, pelo menos um, poderá ficar comprometido.








Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila