quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Projeto que regulamenta mototáxi em Cataguases é adiado

Dos projetos que estavam previstos para serem apreciados pelos vereadores na Sessão Ordinária da Câmara de Cataguases desta terça-feira (10), o projeto mais polêmico, de número 34/2014, que "regulamenta o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros “mototaxistas”, serviço comunitário de rua “motoboy” e transporte de mercadorias “moto-frete”" de autoria do vereador Vinícius Machado, acabou sobrestado.

O vereador Fernando Pacheco Fialho, levantou a questão, de que existe uma Lei anterior, que proíbe a criação de mototaxista em Cataguases e que por este motivo, antes da votação do projeto, esta Lei deveria ser revogada caso ainda não tenha sido. Além disso, o vereador sugeriu também a criação de uma Audiência Pública para ouvir a sociedade. "Nós não sabemos quem vai ser os mototaxistas, isso vai ser licitado, tem gente que já está achando que vai ser mototáxi ai, se o Prefeito adotar o que nós estamos regulamentando ele tem de fazer um decreto... [...] Nós temos que discutir isso, porque eu acho melhor a gente perder tempo e ganhar qualidade do que ganhar tempo e não ter qualidade" disse

No fim, o sobrestamento do projeto foi aceito e uma audiência pública será marcada posteriormente.

Os outros projetos da pauta, foram todos aprovados, sendo que o que teve maior divergência, foi do vereador José Augusto Guerreiro Titoneli, que Autoriza ao Executivo, a pagar o piso salarial aos professores, promessa de campanha de Cesinha Samor. Alguns vereadores, disseram que o projeto, sendo autorizativo, não obriga ao Executivo a cumprir a promessa de campanha e por este motivo, não teria sentido. No entanto, ele acabou sendo aprovado por 10 votos a 5, votaram contrários, os vereadores Fernando Pacheco, Maurício Rufino, Paulo Aritana, Geraldo Majella e Russo.

Já o projeto, nº 38/2014, que "Proíbe a inauguração e/ou a entrega de obras públicas incompletas ou que, embora concluídas, não atendam aos fins a que se destinam", do vereador Fernando Rodrigues do Amaral e os Projetos de Resolução, número 10/2014 que "acrescenta dispositivo ao Regimento Interno da Câmara Municipal de Cataguases criado pela Resolução nº 12/2012" da Mesa Diretora e o de número 01/2015 que "Cria o serviço de atendimento, através do portal da Câmara Municipal, para estimular a participação dos cidadãos no processo legislativo, pela internet" do vereador José Augusto Guerreiro Titoneli, foram todos aprovados por unanimidade.




Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila