sábado, 14 de março de 2015

Três homens são presos após efetuarem disparos com arma de fogo no centro de Cataguases

Após denuncia anônima, na madrugada deste sábado (14), por volta da 1h45, onde dizia que três rapazes estariam exibindo uma arma de fogo nas imediações dos Correios, na Avenida Astolfo Dutra, no Centro de Cataguases, os militares Sgt Veiga, Cabo Alex e Soldados Ítalo e Gavioli, deslocaram para o local, onde avistaram na Avenida Astolfo Dutra, do lado oposto aos Correios, os três suspeitos da denuncia, sendo o primeiro de cútis branca, bermuda clara, camisa branca e boné, o segundo de pele negra, bermuda jeans, camisa cinza e boné e o terceiro de cútis branca, camisa cinza e boné verde, sendo que ao chegar próximo ao local, os militares visualizaram um deles levantando a mão para o alto e em seguida ouviram um estampido idêntico a disparo de arma de fogo.

Os policiais, então, saíram da viatura e em conformidade com as regras de abordagem, deram ordem para que os mesmos ficassem parados, mas eles desobedeceram a ordem policial, sendo que o rapaz que havia atirado, entregou a arma para outro que correu e entrou em um veículo VW Gol, preto, que estava estacionado nas proximidades do Posto Bitencourt. Após insistência dos policiais, o rapaz saiu do veículo e juntou-se aos outros dois, onde os militares conseguiram realizar a abordagem, após garantir a segurança dos pedestres, dos abordados e da guarnição, sendo realizado busca pessoal e nada de ilícito encontrado.

Iniciou-se então a busca no veículo onde foi encontrado no assoalho, uma arma calibre .32, da marca Taurus com duas munições deflagradas.  Segundo apurado, o indivíduo identificado pelas iniciais "T.S.C.", de 20 anos, disse que ao receber a arma, das mãos de "G.S.S.", de 18 anos, não sabia que a mesma era de verdade e efetuou um disparo. O outro, "H.B.S.O.", de 21 anos, disse que pegou arma e levou para o carro no intuito de esconder a mesma. Eles não esclareceram a procedência da arma.

SGT Veiga esteve a frente
da ocorrência
Após os relatos, os três receberam voz de prisão pelos crimes de Porte Ilegal de Arma de Fogo, Disparo de Arma de Fogo e Desobediência, sendo levados para a Delegacia de Plantão em Leopoldina onde tiveram o flagrante confirmado, ficando a disposição da justiça. O veículo foi removido para um pátio credenciado pelo Detran.

A ação correta e rápida dos militares, a forma de abordagem de maneira segura e a retirada de mais uma arma de fogo de circulação, foi bastante elogiada pelos que presenciaram o fato.

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila