quinta-feira, 12 de março de 2015

VÍDEO: Mãe de criança com autismo, comparece na sessão da Câmara para pedir providências na educação em Cataguases

A mãe Januária Condé Prata, que tem 3 filhos matriculados na Escola Municipal Flávia Dutra, na Vila Tereza, ocupou a tribuna da Câmara na noite desta terça-feira (10), para denunciar o fechamento de turmas naquela escola.

Ela que é mãe de uma criança autista, disse que desde o ano passado, a escola vem enfrentando fechamentos de turmas e que no início deste ano letivo, três turmas forma fechadas. Segundo contou, já fez a denuncia ao Ministério Público, mas solicitou aos vereadores que fossem visitar a escola para ver a real situação, pois, segundo ela, está com quadro de funcionários reduzidos, bebedouros sem refrigeração e salas de aula superlotadas, impossibilitando uma educação de qualidade.

Em sua fala, a mãe citou o ECA, Estatuto da Criança e do Adolescente, para lembrar os direitos básicos de educação, esporte e lazer das crianças e dos adolescentes. Também citou a Lei nº 12.764/2012 (Lei Berenice Piana), que Instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista, para lembrar que a pessoa com Autismo, é considerada deficiente e que existe uma resolução da Secretaria de Educação, onde diz que com a existência de alunos com necessidades especiais comprovadas por laudo médico, a turma poderia ser reduzida em até 20% do total de matrículas, o que não está ocorrendo. 

O vereador José Augusto Titoneli, se solidarizou com a Sra. Januária e disse que está acompanhando o caso. Da mesma forma, o vereador Fernando Amaral, concordou com a fala da mãe: "Nós temos de lutar porque isso não pode ficar acontecendo em nossa cidade" disse.

Já o vereador Walmir linhares, defendeu a Secretária de Educação, dizendo que está acompanhando o caso de perto e que esteve reunido com a mesma, juntamente com o secretário da pasta e que ela teria dito que não houve um fechamento das turmas e que o número exato ainda não estaria concluído, mas essa informação foi contestada pelas professoras Michaela Graciolli e Adriana Machado, que disseram que as turmas já estariam fechadas, então, o vereador disse que iria voltar a conversar com a Secretária e que se não conseguir êxito, tentará junto ao prefeito Cesinha Samor. 

O vereador Serafim Spíndola, lembrou que todo o ano, as reclamações permanecem e que deveria ter um projeto para resolver isso. Também o vereador Luiz Carlos, o Russo, disse que seria necessário convocar a Secretária Municipal de Educação, Luciana Barbosa, para ir a Câmara e o vereador Serafim, reiterou que já existe esse pedido do vereador Walmir Linhares, há muito tempo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila