quarta-feira, 15 de abril de 2015

Apenas um projeto da extensa pauta acabou sendo aprovado na Sessão Ordinária da Câmara de Cataguases

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Cataguases dessa terça-feira (14), iniciou com a entrada de um projeto de Lei do Executivo, em caráter de urgência, para referendar convênio celebrado entre o Município de Cataguases e a Caixa Econômica Federal, no programa "Minha Casa Minha Vida". O projeto prevê o repasse por parte da Caixa Econômica Federal de aproximadamente R$ 193 mil para financiar atividades sociais, como oficinas de estudo, plantio de árvores, entre outras coisas. 

Embora a intenção do Executivo fosse a votação do projeto na mesma sessão, uma vez que o prazo regimental já teria expirado, pois o convênio foi celebrado no dia 5 de janeiro de 2015 e o prazo, que determina o Artigo 60, alínea XII da Lei Orgânica do Município é de 15 dias, o projeto acabou sendo retirado da pauta, pelo próprio Secretário Municipal de Assistência Social, Vanderlei Pequeno, após o procurador geral do Legislativo, Ricardo Spínola, chamar a atenção que o projeto não teria vindo completo, pois pulava da Cláusula 3º para a Cláusula 14º, além de não conter cópia do convênio que foi celebrado.

Também, o projeto do Executivo que estava na pauta que regulamenta o Cemitério Municipal e os serviços funerários, recebeu uma emenda supressiva do vereador Serafim Couto Spíndola, onde ele retira os incisos II e III do artigo 47 e todo o artigo 48, que trata da sala de necropsia e também da administração da mesma. Segundo o vereador Serafim, o texto permitia essa administração por empresa particular e no entendimento dele, o município é o encarregado e tem obrigação de cuidar.

Projetos do Legislativo

O primeiro projeto do Legislativo constante na pauta, tratava de um substitutivo ao Projeto de Lei nº 01/2015, da Mesa diretora, que organiza o quadro dos servidores do Legislativo e cria o cargo de Diretor de Recursos Humanos na Câmara. A pedido do vereador Walmir Linhares da Costa, o projeto acabou paralisado por 3 sessões.

O segundo projeto, do vereador Antônio Gilmar de Oliveira (Gilmar Canjica), que autoriza a denominação de logradouro público em Cataguases com o nome de Praça Serafim Carlos Spíndola, foi aprovado em primeira votação por unanimidade.

Já a segunda votação da proposta de emenda a Lei Orgânica dos vereadores Geraldo Majella Mazini e João Manoelino Bolina que determina função de administrador dos distritos para o vice-prefeito, precisou voltar às comissões, pois os autores pretendem acrescentar emenda para que o mesmo passe a valer a partir do próximo mandato.

Por último, o vereador Serafim Couto Spíndola, também retirou sua proposta de emenda a Lei Orgânica que acrescenta parágrafo 7º e 8º ao Artigo 208 desta Lei, onde passa a determinar que os servidores públicos municipais recebam seus vencimentos até o 5º dia útil do mês subsequente.

Também ficou marcada a próxima sessão ordinária da Câmara para o dia 22 de abril, próxima quarta-feira às 18 horas, devido o feriado de Tiradentes, 21 de abril, cair na terça-feira.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila