quinta-feira, 23 de abril de 2015

Com sessão tranquila Câmara de Cataguases aprova todos os projetos

Em uma sessão tranquila que durou pouco mais de 2 horas, os vereadores aprovaram na noite desta quarta-feira (22), todos os projetos da pauta por unanimidade.

O projeto nº 07/2015 do Executivo, que "referenda convênio celebrado entre o Município de Cataguases-MG e a Caixa Econômica Federal, no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida" foi o mais discutido, por conter pontos como a contratação de funcionários para atuarem em atividades sociais e também, por ter sido levado para o clivo do legislativo mais de 3 meses depois de sua assinatura quando a Lei Orgânica prevê apenas 15 dias. O convênio faz parte do programa federal "Minha Casa, Minha Vida" e prevê o repasse pela Caixa Econômica Federal para o Município de aproximadamente R$ 193 mil para financiar atividades sociais no bairro São Marcos visando a integração social dos contemplados.

No projeto foi aprovado também a liberação de R$ 3 mil para compra de materiais de limpeza entre outras coisas, mas foi alertado por alguns vereadores que mesmo tendo esta liberação, que toda a compra que for realizada dentro do convênio deverá passar por licitação, nos moldes da Lei 8666/93.

Mesmo com as considerações dos vereadores, o projeto foi aprovado sem maiores problemas.

Do Legislativo, dois projetos foram aprovados, o de nº 69/2014 do vereador João Manoelino (Joãozinho de Vista Alegre) que "Institui o Movimento Outubro Rosa no Município de Cataguases" e o de nº 71/2014 do vereador Paulo Sérgio Ribeiro Ventura (Aritana) que "Institui o mês “NOVEMBRO AZUL” dedicado as ações preventivas à integridade da Saúde do Homem".

Ambos os projetos, foram considerados inconstitucionais pelo procurador do Legislativo, por conterem artigos que versam sobre funções exclusivas do Executivo. No entanto, um dos propositores, o vereador Joãozinho de Vista Alegre, sugeriu que os projetos fossem aprovados mas que se o prefeito vier a vetar, que mantivessem o veto, Neste ponto, o vereador Serafim Spindola discordou, pois acredita que quando o vereador vota, tem a consciência de que o projeto é justo. Por fim, vários vereadores destacaram a importância dos 2 projetos que foram aprovados.

No grande expediente, apenas o vereador Fernando Pacheco Fialho fez uso da palavra com um discurso alusivo ao dia de Tiradentes (21 de abril), mencionando também Tancredo Neves e Juscelino Kubitschek como exemplos a serem lembrados por todos.

*Fotos: Anderson Moura

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila