quarta-feira, 29 de abril de 2015

Polícia Civil prende suspeito de matar taxista de Miraí que pode ter sido enterrado vivo

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (29), em Caratinga, Clayton Oliveira, de 39 anos, conhecido como "pastor", apontado como suspeito de ter matado o taxista de Miraí, José Ari Moreira da Silva, de 62 anos.

O homem que é morador de Muriaé, estava sendo monitorado desde a semana passada, após dois adolescentes confessarem para a polícia envolvimento no caso. Um deles chegou a confessar inclusive participação na morte do taxista que pode ter sido enterrado ainda vivo.

O suspeito está a frente de uma igreja já há alguns anos em Muriaé e foi preso quando estava viajando de Eunápolis, na Bahia para Juiz de Fora.

A operação da Polícia Civil, contou com a participação de agentes de Miraí, Caratinga e Muriaé. 

Entenda o caso

O taxista saiu de Miraí, onde morava, para fazer uma viagem, de táxi, até Muriaé na terça-feira (14), por volta de 21h30 e não mais comunicou com a família.

O veículo, um Fiat Siena, foi encontrado, abandonado e trancado, em um terreno próximo a um matagal no bairro Alto do Castelo, na tarde da quarta-feira (15). A polícia precisou quebrar os vidros para abrir o carro que estava com marcas de sangue em seu interior. Também, no chão, foi encontrado vestígio de sangue e no matagal próximo ao terreno, uma toalha com sangue e com documentos do taxista, além de um cordão e duas pulseiras douradas. Várias buscas foram feitas na região mas o corpo não havia sido encontrado até então.



Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
23 Domingo
24 Segunda
25 Terça
26 Quarta
27 Quinta
28 Sexta
29 Sábado
Econômica II Atlas Sta Rita Dose Certa Inova Econômica III Droga Minas
Silveira (vila) Vasconcelos Saúde e Vida Drogasil Droga farma Campinho Pague Menos