segunda-feira, 8 de junho de 2015

Faturamento real da indústria mineira cai 14,46% no primeiro quadrimestre de 2015

Os dados são da Pesquisa Indicadores Industriais (Index), divulgada na quarta-feira (3) pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), não trazem números animadores, mostrando que o faturamento real da indústria mineira teve queda acumulada de 14,46% até abril na comparação com o mesmo período de 2014. Em abril, comparado com o mês anterior, o faturamento do parque industrial teve queda de 7,1% e outros indicadores importantes, como nível de emprego e horas trabalhadas na produção, também ficaram negativos.

O péssimo desempenho, dos primeiros quatro meses tem como principais vilões, os segmentos de veículos automotores com a maior queda, cerca de 31%, metalurgia, alimentos e máquinas e equipamentos, que representam cerca de 40% do PIB estadual e tiveram retração considerável este ano.

Com isto, a FIEMG deve rever novamente para baixo as previsões de faturamento e produção do setor em 2015. Até o momento, a FIEMG prevê quedas de 2,6% na produção e de 5,2% na receita.

Segundo Lincoln Fernandes, presidente do Conselho de Economia e Política Industrial da Fiemg, a retração na indústria é reflexo das políticas adotadas pelo governo federal, em especial as elevações consecutivas da taxa básica de juros, a Selic, que freiam a produção e travam investimentos.

A falta de ânimo da indústria para investir produz um efeito cascata e afeta diretamente o setor de máquinas e equipamentos, que registrou queda de 16,71% no faturamento entre março e abril. Nos primeiros quatro meses do ano, houve recuo de 52%.

*Com informações do Estado de Minas,
Hoje em Dia e Diário do Comércio.
Foto: Agência Minas


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila