domingo, 21 de junho de 2015

OAB pede afastamento de vereador suspeito de crime ambiental em Juiz de Fora

Foto: Reprodução Tv Integração
Foto: Câmara Municipal de Juiz de Fora
(Divulgação)
O Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pretende pedir o afastamento do vereador João Evangelista de Almeida, o João do Joaninho (DEM), suspeito de ter praticado crime ambiental, após ter sido detido pela Polícia Ambiental no dia 11 de junho, na região da represa de Chapéu D'Uvas onde ele pilotava um lancha com três capivaras e um jacu, abatidos, além de ter sido encontrado munições e uma espingarda. Um homem que se encontrava na lancha, também foi detido e assumiu a propriedade do material apreendido. Também em um pronunciamento na Câmara, o vereador negou ter praticado qualquer crime, dizendo que "estava no lugar errado, na hora errada".

A decisão da OAB, é baseada na Lei Orgânica do Município, que impõe que, quando um vereador comete algum crime, deve ser suspenso da função até o fim do processo e será formalizado nesta segunda-feira (22), através da Comissão de Direitos dos Animais e depende do acatamento do Presidente.

Além da OAB, outras associações, protocolaram denuncias contra o vereador, como é o caso da Sociedade Juizforense Protetora dos Animais e do Meio Ambiente e a Aliança Juiz-forana pela Defesa dos Animais (Ajuda), bem como a Comissão de Ética da Câmara.

*Com informações do G1
Saiba MaisVereador de Juiz de Fora é detido suspeito de crime ambiental

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila