quarta-feira, 1 de julho de 2015

Em votação polêmica Câmara de Cataguases aprova a criação do cargo de RH

A Câmara Municipal de Cataguases, aprovou na noite desta terça-feira (30), a criação do cargo de Gerente de Gestão de Pessoas (Recursos Humanos). A polêmica votação, vem se arrastando desde o início do ano e teve sua conclusão ontem.

O Projeto de Lei nº 01/2015 da Mesa Diretora, deu entrada em janeiro onde previa a criação do cargo de RH, com salário de R$ 2.800,00, além da correção de salário de outros cargos. Após várias discussões, e tentativas de votação sem sucesso, temendo a rejeição do projeto, a Mesa Diretora entrou com um substitutivo onde retirava a correção do salário dos outros cargos e apenas criava o cargo com salário menor, de R$ 2600,00. Este substitutivo, chegou a ser aprovado em primeira votação por 8 votos a 7, no entanto, foi rejeitado, na segunda votação (dia 16 de junho último), pois necessitava de maioria absoluta (8 votos) e acabou empatado com 6 votos favoráveis e 6 contrários, devido a ausência de vereadores que haviam votado favoráveis na primeira votação e atuação do "Blocão" para que o mesmo não fosse retirado da pauta. Na mesma sessão, ocorreu a primeira votação do projeto original, que também foi rejeitado.

Na sessão de ontem, a tendência seria a rejeição do projeto, mas o vereador Serafim Spíndola, pediu que votasse em destaque (separadamente), apenas o artigo 2º, que cria o cargo de RH, o que provocou protestos por parte dos vereadores contrários ao projeto e tentativa de sobrestamento. No entanto, o sobrestamento foi rejeitado por 8 votos a 6 e o artigo 2º que cria o cargo de RH foi aprovado pelo mesmo placar com salário de R$ 2800,00 (maior que o valor no substitutivo rejeitado). Votaram contrários a aprovação do artigo 2º os vereadores Geraldo Majella, Luiz Carlos Sodré, Paulo Aritana, Fernando Amaral, Aquiles Branco e Walmir Linhares). Em seguida, foi realizada a votação do restante do projeto que acabou rejeitado por 12 votos a 2 (votos favoráveis de Gilmar Canjica e Aquiles Branco). O vereador Maurício Rufino não participou das votações pois precisou se ausentar mais cedo do plenário.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
08 - Domingo 09 - Segunda 10 - Terça 11 - Quarta 12 - Quinta 13 - Sexta 14 - Sábado
N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas Sta Rita Dose Certa
Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos Saúde e vida Drogasil