terça-feira, 14 de julho de 2015

Tentando agradar aos eleitores vereadores propõem projetos para redução de custos no Legislativo e Executivo

Em épocas em que a Rede Social tem se firmado cada vez mais no cenário político dos municípios, a atual legislatura da Câmara Municipal de Cataguases, será marcada como uma das que mais ouviram as reivindicações dos eleitores, acabando com o voto secreto, diminuindo o tempo de recesso, entre outras coisas e agora, além do projeto do vereador João Manoelino Bolina (Joãozinho de Vista Alegre), que será votado hoje e pretende acabar com os projetos autorizativos, o vereador Walmir Linhares, que tem se mostrado preocupado com os gastos do legislativo, dará entrada em um projeto de Lei que pretende reduzir o número de vereadores de 15 para 10. Em entrevista para o Site Mídia Mineira, Walmir, disse que está atendendo a um clamor da população. "O custo operacional da Câmara hoje, é muito alto e não foi mostrado uma produtividade, ficando difícil de realizar os acordos políticos, não se chegando a um consenso entre os vereadores para o bem do povo. Com o projeto, reduzirá também o número de assessores, trazendo uma economia significativa, ficando agora para a Mesa Diretora reduzir o número dos cargos comissionados pois é prerrogativa da mesma.". O vereador ressaltou ainda que outras Câmaras da região, do porte de Cataguases, tem um número muito menor de servidores.

Em contrapartida, o vereador Michelângelo de Melo Correa, disse no programa Mídia Mineira em Debate que vai ao ar pela Rádio Cataguases AM de segunda a sexta-feira das 12 as 13 horas, que pretende entrar com um substitutivo ao projeto de Walmir para, ao invés de reduzir o número de vereadores, o que reduziria também a representatividade, reduzir o salário dos Edis para 1 salário mínimo. Em outro dia, no mesmo programa, o vereador Serafim Spíndola, baseado no Artigo 16 da Lei Orgânica do Município onde diz que "Os subsídios do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos Secretários Municipais serão fixados por Lei de iniciativa da Câmara Municipal, em até 180(cento e oitenta) dias antes das eleições municipais para o mandato subsequente, observado o que dispõe a Constituição Federal." disse que pretende propor também a redução do salário do prefeito e secretários municipais.

Sem saber se os projetos serão realmente votados ou não, se são apenas projetos populistas ou não, os eleitores seguem acompanhando mais um capítulo desta legislatura que é certamente a mais midiática de todas.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila