terça-feira, 1 de setembro de 2015

Candidata de Leopoldina foi a grande vencedora da categoria Inédita do Festival Estadual Sesi Música

Cantores e compositores, ligados a empresas do Estado, se apresentaram no último domingo, 30 de agosto, na grande final da 7ª edição do Festival


Fotos: Sebastião Jacinto Júnior

A 7ª edição do Festival Estadual Sesi Música mostrou que o talento que vem das fábricas não se resume apenas à produção industrial, mas também à produção cultural. Janaína Gentil, da cidade de Leopoldina, e João Victor Chaves, de Contagem, respectivamente nas categorias Composição e Interpretação, foram os grandes ganhadores da noite e levaram para casa o troféu Silvio Barbato e a premiação em dinheiro do Festival. Eles se apresentaram com outros 19 finalistas no último domingo (30) no Teatro Sesiminas. O evento da final, comandado pelo jornalista e radialista Tutti Maravilha, levantou uma plateia de mais de 800 pessoas e apresentou grandes sucessos já reconhecidos, além de novas composições.

Na categoria Composição, Janaína Gentil, da empresa Rio Branco Alimentos, em Leopoldina, ganhou o primeiro lugar, com sua canção “Mulher de Batalha”. Para Janaína, ganhar o festival com uma música que ela compôs sobre sua própria luta diária foi uma importante vitória. “Escrevi sobre mim, sobre minha experiência e, mesmo que eu já tenha ganhado o Festival uma vez, na categoria Interpretação, ganhar este ano com algo que criei foi muito emocionante”. Em segundo lugar, ficou Di Souza, de Belo Horizonte, representando a empresa Copasa, com sua música “Horizonte Pantaneiro”. Célio Roberto, de Belo Horizonte, levou para casa o terceiro lugar da categoria, com a canção “Pão e Circo”, representando os Correios.

João Victor Chaves (da empresa Minas Brasil Indústria e Comércio de Móveis, em Contagem), conquistou o público e os jurados com a música “Papel Machê” e levou pra casa o primeiro lugar da categoria interpretação. Embora já tenha experiência em cantar em bares e festas, para João Victor cantar em um teatro, com a atenção voltada para sua apresentação foi uma sensação única. “Havia tantos candidatos bons, nem imaginei que poderia ser o vencedor. Quando ouvi meu nome, nem acreditei, foi um reconhecimento do meu trabalho que só o Festival poderia proporcionar”, completa. Quem levou o segundo lugar foi Leo Viana, de Itaúna (empresa Correios), com a música “Flores em Vida”, seguido por Adriana Aielo, de Barbacena, que representou a empresa Vale Manganês S/A, que ficou em terceiro lugar.

O júri foi composto por Ana Cristina, cantora, compositora, publicitária, gestora e consultora de projetos e agitadora cultural; Ivan Corrêa, multi-instrumentista, arranjador, produtor, diretor musical, professor; Wilson Sideral, cantor e compositor; Titane, Cantora; e Saulo Laranjeira, um dos artistas mais completos do Brasil e um incansável fomentador da cultura popular. Após meia hora de deliberação, enquanto as torcidas aguardavam o resultado, foram anunciados os ganhadores que levaram para casa, além do troféu, uma premiação em dinheiro.  Ao todo foram distribuídos R$ 26 mil, sendo R$ 6.000 para os primeiros colocados, R$ 4.000 para os segundos e R$ 3.000para os terceiros lugares.

Esta edição do Festival recebeu 139 inscrições, de industriários e empresários da indústria, cônjuges e filhos dos empregados. Mais de 40 cidades mineiras foram representadas nas inscrições, que envolveram 114 empresas. Deste total, 40 músicas passaram para a fase semifinal que aconteceu em julho e selecionou os finalistas desta edição. Para o Gerente de Cultura do Sesi MG, Thiago Maia, o sucesso do Festival Estadual Sesi Música demonstra como as empresas vêm percebendo a importância da cultura para a indústria. “A cada edição, percebemos um envolvimento maior das indústrias, que já perceberam a diferença de envolver seus empregados em produções culturais. O resultado é sempre positivo, tanto em mudanças na atmosfera da empresa quanto na produção. Se a qualidade de vida do industriário melhora, seu trabalho também”, acrescenta.

Aquecimento para o grande dia

Antes de subir ao palco do Teatro Sesiminas, os finalistas passaram por um dia intenso de treinamento em oficinas de preparação vocal, com a cantora Andrea Amendoeira, e aprimoraram a expressão corporal com a arte-educadora em dança Carolina Padilha. Para as apresentações, o SESI convidou uma banda com importantes músicos da cena mineira sob a batuta do maestro Fernando Muzzi: no contrabaixo Juninho Fiúza; na bateria Thiago Peixoto; na percussão Serginho Silva; na guitarra, violão e cordas, Samy Érick; no violão e arranjos, Fernando Muzzi; no teclado e piano Samuel Ekel; no saxofone Breno Mendonça; trombone baixo Leonardo Brasilino e no trompete Wagner Souza.

O Festival Estadual Sesi Música

O Festival SESI Música, do qual só podem participar industriários e empresários da Indústria, assim como seus cônjuges e filhos, é realizado anualmente pelo Serviço Social da Indústria (SESI), com o objetivo de promover a cultura entre trabalhadores do setor, além de valorizar e fomentar a produção musical do país. Desde que foi criado, há sete anos, o concurso busca delinear novos horizontes na vida de milhares de trabalhadores da indústria, além de promover atividades culturais nas empresas, melhorar a qualidade de vida, motivar equipes e, assim, contribuir para o aumento da produtividade.

O maestro Silvio Barbato criou o Festival SESI Música, em 2008, assim como o programa Valores da Música, desenvolvidos pelo SESI em todo o país. O maestro morreu um ano depois em um dos mais graves acidentes aéreos da história do Brasil – o vôo 447, da companhia Air France e o seu nome foi escolhido para batizar o troféu.

Vencedores do Festival SESI Música 2015

Categoria Composição
  • 1º colocado: Janaína Gentil – música Mulher de Batalha. Cidade Leopoldina / Empresa Rio Branco Alimentos
  • 2º colocado: Di Souza – música Horizonte Pantaneiro.  Belo Horizonte / Empresa Copasa
  • 3º colocado: Célio Roberto – música Pão e Circo.  Cidade Belo Horizonte / Empresa Correios

Categoria Interpretação
  • 1º colocado: João Victor Chaves – música Papel Machê. Cidade Contagem / Empresa Minas Brasil  Indústria e Comércio de Móveis
  • 2º colocado: Leo Viana  – música Flores em Vida. Cidade Itaúna / Empresa Correios
  • 3º colocado: Adriana Aielo – música Nada Além de Ti. Cidade Barbacena / Empresa Vale Manganês S/A
Por Anne Morais/Assessoria de Comunicação Personal Press

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila