quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Com queda na arrecadação, Cesinha prevê medidas de austeridade como protesto da Dívida Ativa e reclama da ação de vândalos


O prefeito de Cataguases José Cesar Samor (Cesinha), reuniu a imprensa na tarde desta terça-feira (15), em seu gabinete, com a participação do Major Miranda, Comandante do 146º Cia PM de Cataguases, do secretário de Administração, Walter de Paula e do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Gestão Institucional, Alex Carvalho, com o objetivo de esclarecer alguns pontos referentes a sua gestão.

Vandalismo

O prefeito iniciou a reunião, dizendo que pessoas de sua confiança, teriam avistado, durante a madrugada, dois indivíduos em uma motocicleta revirando o lixo pela cidade e que na Praça Rui Barbosa, recém revitalizada, chegaram a arrancar 4 pastilhas com canivete próximo ao ponto de táxi. O prefeito também comentou sobre a "Placa Oculta" que foi colocada sob um dos bancos na Praça Rui Barbosa. Segundo o prefeito, o proprietário da Construtora Entre-Rios e a família já teriam se posicionado dizendo que não colocaram a tal placa. "Isso nunca aconteceu em Cataguases, mas está acontecendo agora porque? Porque nós estamos fazendo obras na cidade? Isto não se faz, porque está indo contra o patrimônio público de Cataguases" disse.

Em relação a esta questão, o prefeito revelou que já fez o Boletim de Ocorrência e pediu para o Major Miranda, a colaboração da PM no sentido de ajudar a identificar os tais vândalos. "Está acontecendo e nós temos que coibir, processar, porque isso não se faz." disse.

O prefeito também disse que já foi colocado um vigia na praça no período de 18 horas às 6 da manhã.

Restauração da Praça Santa Rita

Segundo Cesinha, já terminou o processo licitatório e a partir desta segunda-feira (21), iniciam-se as obras de restauração da Praça Santa Rita, com verba integral do Governo Federal, através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, IPHAN, no valor de R$ 349 mil. A empresa vencedora é de Muriaé.

Dinheiro das Multas de trânsito

Conforme a prefeitura apurou, desde 2013, o Governo Estadual não repassou nenhum centavo referente as multas de trânsito aplicadas no município. O prefeito explicou que a prefeitura já está interpelando junto aos órgãos competentes do Governo do Estado pois Cataguases tem direito a 50% conforme convênio válido até 2017 e que o valor não repassado chega a aproximadamente R$ 300 mil. 

Fundo de Participação dos Municípios (FPM)

Outro fato preocupante, foi a revelação de que neste mês de setembro, o FPM caiu 39% em relação ao mesmo período do ano passado, ou seja, conforme exemplificou, no dia 10 de setembro do mês passado, o Município recebeu pouco mais de R$ 1,2 milhão e este ano, apenas R$ 854 mil. "É para vocês entenderem que as coisas não estão fáceis, a receita está diminuindo, como é que eu vou fazer? Amanhã, eu tenho os compromissos, se eu não pagar vem todo mundo em cima de mim, protestar em frente a prefeitura, tem uma Câmara com pessoas que não compreendem, como é que eu faço?"

Dinheiro do Cinema

Cesinha também confirmou que, este mês, com autorização do judiciário, usou todo o dinheiro que estava sendo depositado em juízo, para compra do Cine Teatro Edgar, quase R$ 1 milhão, para pagar a folha de pagamento mas afirmou que o dinheiro será reposto em janeiro de 2016 e que continuará as negociações com os proprietários para compra do mesmo. O prefeito também, disse que tem depositado mensalmente para este fim, apenas o dinheiro repassado pela Câmara (R$ 40 mil), pois a prefeitura não está tendo condições de completar os outros R$ 40 mil conforme acordo. 

Sobre o valor referente ao aluguel do Cine Teatro, a prefeitura paga mensalmente pouco mais de R$ 11 mil e estava com 3 meses em atraso, mas segundo o prefeito, 2 meses já foram quitados.

Medidas para diminuição de gastos

O prefeito disse que para tentar equilibrar o orçamento, tem revisto os contratos como foi o caso da troca da empresa responsável pela coleta de lixo e além disto, confirmou que terá de demitir vários contratados e que este foi um erro de sua administração.

Outra medida que deverá ser adotada para tentar aumentar a receita, será o protesto de parte da dívida ativa, com menos de 5 anos, no valor de R$ 2.769.838,16. 

Cesinha também anunciou que até 15 de outubro, a maior parte das secretarias municipais passarão para o antigo prédio do Pronto Cordis o que gerará uma grande economia.

Boas noticias

Na mesma reunião, o prefeito também anunciou que já foi liberado e que já chegou a emenda do deputado Wadson Ribeiro de aproximadamente R$ 2 milhões, sendo aproximadamente R$ 800 mil para serem investidos na saúde e aproximadamente R$ 1,2 milhão para infraestrutura.

Além disso, Cesinha disse que já está liberado e em processo de licitação a construção de duas creches e que existe projeto e negociação em andamento para a construção de 600 casas populares através da Cohab (Companhia de Habitação).

Outro projeto que está em andamento, é a negociação com o Governo do Estado do prédio do antigo Pronto Socorro Municipal para instalação de tratamento de Câncer através de radioterapia e da quimioterapia.

Licitação dos Ônibus

O prefeito encerrou a reunião, confirmando que vai licitar os serviços de ônibus e de táxis. "Eu preciso ter uma licitação para que todos tenham condições de rodar, inclusive o pessoal da Viação Dorico [...] É ruim, tem muita gratuidade, mas saiu a Dorico e compraram um monte de veículos, como é que é isso?" completou.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila