quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Empresário diz que município tem de procurar meios para subsidiar a gratuidade no transporte coletivo urbano

O empresário Oder Ferreira Filho, proprietário da Viação Bonança, esteve na sessão da Câmara desta terça-feira (22), acompanhado pelos motoristas da empresa, para falar sobre o transporte coletivo em Cataguases. “Nós temos que valorizar o que nós temos de bom no município que são as nossas empresas” iniciou.

Segundo o empresário, a gratuidade tem se espalhado pela cidade, o que tem reduzido drasticamente o faturamento das empresas de transportes coletivos urbanos. Conforme argumentou, o ônibus urbano fatura menos que os contratados pela prefeitura para realizar o transporte escolar. “Nós temos mais linhas sociais do que comerciais, está ficando inviável tocar linha de ônibus aqui na cidade” disse.

Pelo que Oder relatou, a situação tem chegado a tal ponto que se não criar uma lei para subsidiar o transporte, vai ficar inviável com tanta gratuidade. Conforme explicou, não é contra a gratuidade, mas é necessário criar meios para subsidiar essa gratuidade, pois a empresa tem hoje 120 funcionários que precisam receber em dia, além de investimentos como cursos para a equipe de motoristas para melhor servir a população.

Por fim, ele pediu a intervenção dos vereadores junto a Polícia Militar para coibir a violência que tem aumentado nos coletivos com os constantes assaltos, pois conforme disse, as empresas possuem sistema de Câmeras de segurança e as pessoas que comentem os crimes são todas identificadas, necessitando que os setores competentes deem andamento na ocorrência para apuração mais rápido com punição dos responsáveis.

Leia também:

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila