quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Grupo de teatro de Florianópolis (SC) realiza apresentações gratuitas em Laranjal e Recreio a partir desta segunda-feira (28)

Pela primeira vez, o grupo Teatrando Por Aí faz turnê pelo interior do estado. Peça mostra que tecnologia e literatura podem andar de mãos dadas


 Maurinho é um garoto super conectado ao mundo digital, assim como todos os moradores da cidade de Tecnópolis. Quando seus pais o mandam passar as férias na casa da avó, longe das mídias eletrônicas, ele conhece Ana, uma menina apaixonada pelo universo literário. Desse encontro nasce uma grande amizade, cheia de diversão e aprendizado.

Esse é o enredo da peça Tecnópolis – Sem livro para contar história, apresentada pelo grupo Teatrando Por Aí. Vindos de Florianópolis (SC), o grupo faz apresentações gratuitas nas cidades de Raul Soares, Abre Campo, Laranjal e Recreio, no interior de Minas Gerais. Na segunda (21) e terça-feira (22) o grupo esteve em Raul Soares e da quarta-feira (23) até esta sexta-feira (25) a apresentação acontece em Abre Campo, para depois seguir para Laranjal na segunda-feira (28), permanecendo em Recreio da terça-feira (29) até a sexta-feira (02/10). 

O espetáculo faz parte do projeto cultural “Teatro na Escola: Divertir para Educar”, que tem como objetivo levar teatro a escolas públicas do ensino fundamental da região sul e sudeste do Brasil, possibilitando a democratização e popularização do teatro infantil. “Buscamos fazer com que as nossas criações tenham alcance e que possam, quem sabe, trazer algum tipo de transformação individual ou coletiva”, conta o ator e coordenador artístico do projeto, Eder Schmidt.

Em atividade desde 2008, o projeto já permitiu ao grupo realizar mais de 550 apresentações gratuitas em diversas cidades do país e beneficiar mais de 60 mil crianças. A peça Tecnópolis – Sem livro para contar história é fruto das andanças do grupo por esses locais. “Fomos percebendo as necessidades e os desejos das escolas e começamos a voltar o trabalho nessa direção. Lembro bem da pergunta de uma professora: ‘Vocês não têm um projeto de incentivo à leitura?’ Aquilo ficou na minha cabeça. E eu, que gosto tanto dos livros, me senti convocada para uma nova missão”, diz a atriz e autora do espetáculo, Marina Monteiro.

A ideia é mostrar que livros e tecnologia podem andar de mãos dadas. O espetáculo é encenado por quatro atores e conta ainda com a animação de bonecos, o que torna a peça ainda mais lúdica e envolvente.

Agenda:
Raul Soares: 21 e 22/09
Abre Campo: 23, 24 e 25/09
Laranjal: 28/09
Recreio: 29 e 30/09, 01 e 02/10

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
05 - Domingo 06 - Segunda 07 - Terça 08 - Quarta 09 - Quinta 10 - Sexta 11 - Sábado
Farmacenter Drogaria Silveira - Calçadão Droganova Drogaria São Francisco N.Sra.Aparecida Brasil Sta. Tereza
N.Sra. Rosário Farmácia Cataguases II Farmanossa Farmácia Cataguases Campinho São Mateus Silveira II