quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Produção de água é tema de seminário para moradores de Ubá Pequeno

O Secretário Aldeir Ferraz falou sobre as ações desenvolvidas por sua Pasta.
O Secretário do Ambiente e Mobilidade Urbana da Prefeitura de Ubá, Aldeir Ferraz e o assessor técnico ambiental, Paulo Sérgio da Costa participaram de um seminário sobre produção de água e preservação de nascentes no dia 22 de Outubro, evento que aconteceu no salão comunitário da comunidade de Ubá Pequeno, realizado através de uma parceria entre o Núcleo de Educação Sócio Ambiental da Universidade do Estado de Minas Gerais, UEMG, a Empresa Mineira de Agricultura e Extensão Rural EMATER, Prefeitura de Ubá, Câmara Municipal de Ubá, Associação dos Moradores da comunidade de Ubá Pequeno e diversas empresas locais.

O seminário teve como tema, “Água – conhecer para cuidar” com foco na preservação de nascentes e a produção de água em palestra proferida pelo professor Marcelo Caio Libânio Teixeira, da EMATER da cidade de Viçosa.

O Secretário Aldeir e o Assessor Paulo apresentaram algumas ações desenvolvidas pela Secretaria do Ambiente e Mobilidade Urbana, como o mapeamento e cercamento de minas e nascentes, o plantio de árvores nativas, criação de espaços de plantio de árvores denominados bosques urbanos, dentre outros. Falando aos presentes, Aldeir destacou a importância da participação dos proprietários de imóveis na região de Ubá Pequeno no processo de proteção de minas e nascentes para garantir a produção de água na região, responsável pelo abastecimento de uma das estações de tratamento da cidade de Ubá, e colocou os serviços da Secretaria do Ambiente e Mobilidade Urbana à disposição para diagnosticar, mapear, cercar e proteger minas e nascentes no local.

Rosângela Maria Machado de Freitas, extensionista da EMATER falou: “este evento acontece como uma oportunidade de concretizar ações com relação à proteção de nascentes e produção de água, e esta é grande necessidade que as comunidades estão vivendo, pois a água está ficando escassa e o produtor sente a necessidade de desenvolver ações para que ele possa transformar esta realidade.”

A professora Viviane Modesto, da UEMG, também falou: “nossa participação aqui está ligada principalmente a este momento que estamos vivendo, com a escassez da água e estamos buscando conscientizar todas as pessoas sobre a importância dela para todos.”

O professor Marcelo Libânio falou sobre a
importância do cercamento e preservação de
nascentes e também sobre a produção de

aquíferos.
O palestrante e professor Marcelo Caio Libânio Teixeira, da EMATER de Viçosa também comentou: “as informações que trouxemos devem ser transformadas numa mobilização social onde os produtores devem inicialmente fazer o cadastro ambiental rural, planejar as propriedades com infra-estrutura para recarga de aquíferos e recuperação de nascentes, principalmente, pois como vimos na apresentação, isto é perfeitamente possível.”

A moradora Ana Lúcia Moreira da Silva, que participou do levantamento e mapeamento das propriedades que possuem nascentes juntamente com a EMATER, disse: “há casos em que os produtores não estão preocupados com a produção de água e a grande maioria não conhece o tema da importância da preservação. Com a falta de água que está acontecendo em Ubá todos estão vendo a necessidade de fazer alguma coisa e estão despertando o interesse. Eles precisam de apoio porque estão vendo que a água deles também pode acabar, daí a preocupação de todos em preservar as nascentes e proteger.”

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMU

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila