segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Servidores da Justiça e Ministério público entram em greve nesta segunda-feira

Com a frase: "Às injustiças na Casa da Justiça, a categoria responderá com greve geral" os Servidores da Justiça de 1ª Instância do Judiciário mineiro decidiram, em uma Assembléia Geral Extraordinária (AGE) realizada no dia 26 de setembro, parar as atividades nesta segunda-feira (5/10), em todos os fóruns do Estado, em sinal de alerta à Administração do Tribunal de Justiça sobre uma possível greve geral por tempo indeterminado, caso o TJMG mantenha a postura que vem adotando em relação às reivindicações da categoria.

Em Cataguases, no Fórum situado à Praça Doutor Augusto Cunha Neto - s/n, a adesão deverá ser completa, bem como nos municípios vizinhos.

As principais revindicações da categoria são:

  • Melhoria das condições de trabalho e da qualidade do serviço prestado à sociedade
  • Recomposição das perdas salariais da categoria 
  • Instituição do auxílio-saúde para servidores, benefício este que o Tribunal já paga aos magistrados
  • Gratificação para Escrivães e Contadores, que, embora trabalhem 8 horas por dia, recebem apenas por 6 horas (Lei 20.865/2013)
  • Respeito às Leis que asseguram direitos aos servidores e fim das práticas antissindicais cometidas pela atual administração do Tribunal, que desrespeita o direito de greve, o da liberdade de expressão e persegue lideranças sindicais e servidores

Ao longo de toda esta semana, funcionários do Sindicato e diretores têm distribuído boletins convocatórios nos postos de trabalho. Uma Assembléia Geral Extraordinária, foi convocada para às 15 horas desta segunda-feira (5), em Belo Horizonte, pelo Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância do Estado de Minas Gerais (SERJUSMIG), para debaterem e deliberarem sobre a paralisação, definindo a continuidade ou não do movimento grevista.

Um Ato público também está marcado para acontecer a partir das 12h em frente à sede do TJMG, na Rua Goiás, em Belo horizonte. Em Cataguases o servidores se concentrarão simultaneamente em frente ao Fórum.

Ministério Público

Os servidores do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), também entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira (5). Não conseguimos confirmação se os servidores de Cataguases irão aderir ao movimento, uma vez que, segundo o sindicato, a Procuradoria-Geral de Justiça tem ameaçado de cortar o ponto dos grevistas.

A decisão de greve por tempo indeterminado aconteceu em Assembléia Geral Extraordinária, convocada pelo Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Minas Gerais (SINDSEMPMG) no dia 25 de setembro.

As principais reivindicações da Categoria que motivaram a greve foram a data-base 2015, o não atendimento da solicitação de auxílio-saúde e a inflexibilidade do Procurador Geral de Justiça no retorno da jornada mensal de 30h semanais dos Servidores.


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila