terça-feira, 27 de outubro de 2015

Vereador Serafim explica porque indicou ao prefeito Cesinha para baixar decreto proibindo extração de ouro no Rio Pomba

O vereador Serafim Spíndola, explicou para o Site Mídia Mineira, na tarde desta segunda-feira (26), os motivos para a indicação ao prefeito Cesinha para que baixe um decreto proibindo a extração de ouro no Município. Conforme explicou, a indicação foi motivada devido ao receio da população que o tem interpelado preocupadas com os danos ambientais que esta extração pode causar.

A ideia do vereador, que tem especialização em Direito Ambiental, é que o prefeito baixe um decreto com a proibição, fundamentada na crise hídrica que os municípios tem passado e também  nos danos que a atividade possa estar causando ao meio ambiente e que com isso o Rio ganhe tempo para voltar ao normal, até que o proprietário da balsa possa recorrer na justiça.

O vereador disse que teve a informação de que a atividade está autorizada pelos órgãos competentes, mas que o momento é diferente, pois com as formações dos bancos de areia, animais mortos estão parando e se decompondo no local. No período de cheia, o Rio consegue realizar esta limpeza, ao contrário do que está acontecendo agora. 

Serafim disse que o período de estiagem em que estamos vivendo, trás a possibilidade do prefeito decretar estado de emergência, o que justificaria a proibição. "Eu acredito que nenhum juiz dará uma liminar para que se garimpe dentro do Rio Pomba com o estrago que está acontecendo, acredito sim, no bom censo de nossos magistrados" completou.

Ao dar entrada na indicação, o vereador recebeu o apoio de outros 10 vereadores, que assinaram conjuntamente com Serafim. Eles também pretendem reunir documentos e levar para órgãos competentes além do Ministério Público.

Confira a entrevista na íntegra abaixo:






Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila