sábado, 7 de novembro de 2015

Tragédia de Bento Rodrigues em Mariana: Governador Fernando Pimentel visita o local

Foto: Veronica Manevy/Imprensa MG

O Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, visitou nesta sexta-feira (6), o local da tragédia em Bento Rodrigues, distrito de Mariana, região Central do Estado. A tragédia ocorreu na tarde de quinta-feira (5/11). 

O governador garantiu que todos os esforços estão sendo realizados para ajudar os moradores da região. “Neste primeiro momento, nossa prioridade é atender os desabrigados e localizar as pessoas desaparecidas. O governo está totalmente mobilizado para isto. Tudo que pode ser feito está sendo feito, em parceria com o governo federal”, garantiu. Vários órgãos do Estado, como Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Defesa Civil, Servas, além de várias secretarias, como Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, e Trabalho e Desenvolvimento Social, estão com equipes no local.

“Eu estive pessoalmente nos distritos de Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo. Temos o apoio da Defesa Civil nacional, do Ministério da Integração. O Ministério Público Estadual também está acompanhando tudo. A Polícia Civil já abriu inquérito para identificar as causas da tragédia, mas é cedo para falar sobre isto. Nossa preocupação agora é atender aos desabrigados, localizar os desaparecidos, auxiliar as vítimas, atender às famílias”, enfatizou.

Pimentel fez sobrevoo de helicóptero na região e esteve no ginásio onde estão os desabrigados pelo acidente, juntamente com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Adriano Pereira. Na ocasião, os representantes da União confirmaram o apoio irrestrito do Governo Federal para a assistência às famílias desabrigadas e buscas na área. A articulação das ações está a cargo da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Ações

Desde o fim de tarde de quinta-feira e durante toda a sexta, equipes do governo estão trabalhando na região. Os trabalhos prosseguirão durante todo o fim de semana e deverão avançar pelos próximos dias. Quatro helicópteros estão no local, que está com acesso comprometido em função dos estragos causados. Grupamentos do Batalhão de Emergências Ambientais e Respostas a Desastres (Bemad) trabalham intensamente nas buscas, com acompanhamento do chefe do Gabinete Militar, coronel Helbert Figueiró. As causas e responsabilidades pelo ocorrido também estão sendo apuradas.

Órgãos da administração direta e indireta do Estado estão com atuação intensiva para assistência às famílias e vítimas do acidente. Confira, a seguir, as principais ações do Governo do Estado em curso na região:

Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) enviou equipes a Mariana para ajudar no atendimento às vítimas. A preocupação da equipe é a de que, mesmo no período de investigação sobre intoxicação, já seja feito o protocolo clínico. As equipes de salvamento e de Urgência e Emergência da SES-MG prestam orientações no local. Também há apoio para o gerenciamento da crise e instrução das equipes de salvamento sobre o protocolo de intoxicação.

Segurança

No momento os esforços estão concentrados no atendimento às vítimas. Os Bombeiros estão com 99 integrantes na região e uma aeronave disponibilizada. Já a Polícia Militar tem efetivo de 34 soldados no local e também disponibilizou outra aeronave. As equipes trabalham em buscas aéreas e terrestres, com o objetivo de fazer a varredura no entorno do povoado e acompanhar o leito por onde escoa a água da barragem. As equipes estão em permanente readequação para as buscas no local.

Uma equipe multidisciplinar da Polícia Civil de Minas Gerais, formada por médicos legistas e peritos criminais, já está de prontidão para fazer o trabalho de identificação de vítimas do rompimento da barragem em Bento Rodrigues. Um helicóptero do Núcleo de Apoio Aéreo da PCMG foi disponibilizado para o resgate de sobreviventes e equipes de policiais civis da capital foram deslocados para o local. Delegados, investigadores e escrivães das delegacias da região, entre outros profissionais, também estão mobilizados no apoio à comunidade.

A Defesa Civil Estadual, além de destinar oito integrantes de seu efetivo na região, entregou para a prefeitura de Mariana kits de higiene pessoal, cestas básicas, sacos de roupas, kits cobertores e colchões.

Meio Ambiente

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) está com uma equipe no local do acidente para verificar a ocorrência e tomar as providências necessárias. Dois comitês para avaliar as causas do acidente foram instaurados, sendo um convocado pelo governador Fernando Pimentel e outro pela Semad. As consequências para o meio ambiente serão identificadas assim que a Defesa Civil liberar o local para averiguações.

A respeito da contaminação dos rios, por exemplo, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam) acionou equipes do Senai/Cetec para a realização, em caráter de emergência, de coletas diárias de amostras de água e sedimentos nos corpos de água para o acompanhamento das consequências do acidente. Pontos de coleta estão sendo definidos e também os parâmetros a serem considerados para analisar as amostras de água e sedimentos.

Energia e Abastecimento

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) está ativa para normalizar o fornecimento de energia nos distritos de Mariana. O rompimento da barragem da mineradora destruiu a rede de distribuição da empresa, inclusive com muitos postes arrastados. Devido à gravidade do acidente, na noite de quinta-feira (5/11), para garantir a segurança da população, a Companhia desligou a rede elétrica a partir do distrito de Monsenhor Horta e, desde então, cerca de mil clientes estão sem o fornecimento de luz.

Nesta sexta-feira (6/11), a Cemig iniciou os trabalhos de verificação dos danos e está tentando junto à prefeitura de Mariana apoio de máquinas no entorno da ponte no distrito de Paracatu de Baixo, que foi arrastada pela lama. A ponte seria usada para que a empresa levar postes e equipamentos necessários para a reconstrução da rede de distribuição da Cemig que atende à região e o restabelecimento da energia dos clientes.

Com a forte demanda local por água potável, a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) se prontificou em enviar copos e caminhões-pipa para Mariana. Na quinta-feira, foram 5.600 copos de água (80 caixas) e três caminhões-pipa disponibilizados (cada um com capacidade de 10 mil litros). Nesta sexta-feira, mais 45 mil copos foram enviados, num total de 650 caixas.

Social

O Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) atua junto à força tarefa determinada pelo governador Fernando Pimentel e também com o Ministério Público para prestar assistência às famílias atingidas. O Servas está com equipe de prontidão para recebimento de doações (água, artigos de higiene pessoal e alimentos), de segunda a segunda, no horário das 7h às 19h, em sua sede, localizada na Avenida Cristóvão Colombo, 683, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte. Destaque, ainda, para o cadastro de voluntários, que serão aproveitados conforme as demandas sinalizadas pela Defesa Civil. Interessados em participar e apoiar as ações podem entrar em contato pelo (31) 3349-2400.

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac) montou um mutirão para a reposição da documentação perdida. Especificamente, o mutirão diz respeito a ações de registro civil, como emissão de cédula de identidade, entre outros serviços. A Secretaria também está integrada a uma força-tarefa para assegurar os direitos das crianças, adolescentes, pessoas com deficiência e idosos durante a resposta humanitária ao desastre.

Já a Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese) enviou duas equipes de referência para Mariana e Barra Longa. Elas vão contribuir com orientações para a organização dos alojamentos dos abrigados e, também, prestar assessoria técnica para que o município utilize recursos dos governos federal e estadual que podem ser liberados em casos de desastres. A Sedese dará todos os esclarecimentos necessários para a utilização dos recursos, como, por exemplo, o saldo do Piso Mineiro de Assistência Social do município de Mariana, e a antecipação de benefícios do Bolsa Família.

Fonte: Agência Minas

Farmácias de Plantão em Cataguases
04 Domingo
05 Segunda
06 Terça
07 Quarta
08 Quinta
09 Sexta
10 Sábado
FarmaCenter São Geraldo Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza
N. Sra Rosário Silveira Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II