sábado, 7 de novembro de 2015

"Vou liquidar outra vez" diz Cesinha na Conferência Municipal do PC do B que colocou o prefeito de Cataguases como pré-candidato a reeleição

O diretório do Partido Comunista do Brasil (PC do B) em Cataguases, realizou na noite desta sexta-feira (6) no Educandário Dom Silvério, situado na praça Santa Rita em Cataguases, sua conferência Municipal com o tema "Avançar nas Mudanças".

Cerca de aproximadamente 60 pessoas compareceram para a reunião e entre as autoridades, destaque para o deputado e presidente estadual do PC do B, Wadson Nathaniel Ribeiro, o prefeito Cesinha Samor, filiado ao partido desde 2003, os vereadores do PC do B, Paulo Sérgio Ribeiro Ventura (Aritana), Luiz Carlos Sodré (Russo), e Fernando do Amaral, o presidente do PC do B de Cataguases, Nicolau Sérgio Siervi, além dos secretários municipais Alex da Silva Carvalho (PC do B), Vanderlei Teixeira Cardoso, "Pequeno" (PT), Ricardo Dias (PMDB), José Ricardo Martins Junqueira (Zeca Junqueira), do vereador Geraldo Majella Mazini (PT), do vereador Samuel Gazolla Lima (PT), presidente da Câmara Municipal de Ubá,  e do presidente do PT de Cataguases Sebastião Ruy de Almeida Filho, "Tatá".

O presidente do diretório local, Nicolau Sérgio Siervi, abriu a reunião e disse que o PC do B está avançando em Cataguases com muitos filiados.

Alex da Silva Carvalho, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Gestão Institucional, usou a palavra por duas vezes, destacando as dificuldades enfrentadas na época da última eleição municipal e ressaltando que a base precisa continuar unida - se dirigindo aos representantes de partidos locais que estavam presentes, Pc do B, PMDB, PT e PRTB - para obter êxito novamente no próximo pleito.

Os vereadores do PC do B, também usaram a palavra para falar das dificuldades enfrentadas na última eleição mas que com persistência e dedicação, conseguiram a vitória, mesmo sem investir muito dinheiro, como disse o vereador Aritana. 

Russo destacou ainda sua luta junto ao deputado José Célio de Alvarenga, o Celinho do Sinttrocel, para conseguir a troca do antigo Pronto Socorro Municipal que pertence ao Estado pelo prédio do IPSEMG, pertencente ao Município visando a colocação de uma clínica de radioterapia e quimioterapia para tratamento do Câncer.

O prefeito Cesinha Samor, agradeceu ao deputado Wadson Ribeiro, dizendo que foi o deputado que até hoje destinou maior quantia de dinheiro para Cataguases, falou sobre viagens realizadas em Brasília com o objetivo de conseguir emendas dos deputados federais para Cataguases e criticou muito o deputado Rodrigo de Castro, dizendo que conseguiu emendas de quase todos os deputados que visitou, mas que de Rodrigo, nada conseguiu. 

Cesinha lembrou novamente da não obtenção do Pró-Município e da verba para o Hospital de Cataguases, dizendo que foi politicagem, que mentiram para o povo de Cataguases, mas que já tem a promessa do Governador de receber os R$ 1,5 milhão pretendido através de outro convênio.

Outro deputado criticado por Cesinha, foi o deputado federal Misael Varela, que obteve 11.650 votos em Cataguases e segundo o prefeito também não destinou nenhuma emenda para o município.

O prefeito também revelou que está pagando até hoje por não ter exonerado os funcionários contratados e confirmou que por decisão judicial, tem prazo até 15 de dezembro para rescindir todos os contratos.

Um anuncio importante, foi a confirmação de Cesinha de que ao todo, aproximadamente 15 milhões entre emendas parlamentares e recursos federais e estaduais serão investidos em Cataguases, dizendo que ainda há muito por vir.

Embora todos tenham apregoado a união, o único representante do PMDB local na reunião, foi o secretário Ricardo Dias, que o prefeito disse não saber se ele continuará no partido, mas que caso queira se filiar ao PC do B, as portas estão abertas.

O deputado Wadson Ribeiro, fez um rápido discurso, onde destacou a importância do partido ter mulheres participando da política, falou sobre a importância da Conferência Municipal que faz parte da preparação para a Conferência Estadual e disse que tem procurado fazer uma politica diária e não de quatro em quatro anos. O deputado criticou as forças politicas que perderam a eleição e exaltou as conquistas que o governo do PT trouxe para o Brasil, dizendo que o ódio da "Elite Branca" que bate em panelas francesas em condomínios fechados é porque nunca antes o pais havia sido governado por pessoas do povo, e perguntou: Quando que no Brasil a gente via diretores de grandes empresas sendo condenados? Segundo o deputado, é necessário discutir estas questões que serão levadas para a Conferência Estadual do partido.

Wadson deu ênfase ao compromisso do governador Pimentel com Cataguases, pelo fato do prefeito Cesinha ter sido um dos únicos da região que o apoiou abertamente na campanha para o governo. "Ontem o Ministro do supremo Teori Zavascki, liberou para utilização do Governo do Estado R$ 2,7 bilhões dos depósitos judiciais e o Pimentel agora vai ter condições de iniciar seu programa, de fazer sua política social, de fazer sua política de infraestrutura e já disse pra nós que o compromisso dele fundamental com a Zona da Mata é com quem esteve ao seu lado e o compromisso dele é com Cataguases" afirmou.

Por fim, o deputado confirmou sua emenda parlamentar para o município no valor de R$ 2 milhões que serão empenhados este ano e disse que já colocou emenda para o ano que vem de mais R$ 2 milhões dizendo também sobre a importância de manter as realizações e fazer uma política limpa. "Nós precisamos fazer esse debate com a população, o que eles querem? voltar a prefeitura de Cataguases para aqueles coxinhas que governaram tanto tempo aqui? E quando estiveram com o governo do Estado foram incapazes de trazer investimentos? [...] Eu quero pedir a vocês uma coisa, eles que tem de correr atrás, porque eles são oposição, nós somos situação, a nossa campanha não pode ser uma campanha que ataca ninguém, a nossa campanha tem que ser uma campanha da paz, do amor, da esperança da proposta, porque quem vai querer nos atacar são eles e nós não podemos cair neste jogo baixo [...] Ninguém vai apontar o dedo na cara de Cesinha e dizer que aqui em Cataguases tem R$ 1 de recurso desviado, porque é uma prefeitura íntegra, transparente e que não comete corrupção" finalizou.

Reeleição

Sobre a reeleição, Alex Carvalho deixou claro que o projeto do partido, além de fazer 5 vereadores, é reeleger o prefeito Cesinha em 2016."Nós podemos entrar para grande história do PC do B e grande história da cidade em ter um prefeito reeleito em Cataguases" afirmou.


Embora o prefeito não tenha assumido oficialmente ser candidato a reeleição, em tom de desabafo, se referindo a uma conversa que teve com o deputado Eros Biondini, onde disse que a verba para a pista de skate poderia não sair devido um possível embargo do governo de Minas na época, afirmou: "Eu liquidei o candidato dele nas urnas e vou liquidar outra vez, pode ter certeza".
Cesinha disse que em 2008 o PSDB só ganhou a eleição, devido ao grande número de candidatos que dividiu a oposição, e ressaltou a necessidade de união para o próximo pleito. "Hoje nós precisamos ter a união e saber que precisamos permanecer unidos para que não venha o retrocesso e não venha a tucanagem em Cataguases, vou falar tucanagem, quase que dá pra falar outra coisa" disse.

Ainda sobre sua candidatura, o prefeito afirmou: "Primeiro, a gente nem sabe se é candidato, a gente quer ser candidato, tudo depende, toma um processo ai e não pode ser candidato, cabe pra mim, cabe pra outro que ás vezes não vai poder ser candidato, tudo indica que vão ser candidatos. Eles estavam contando que eu não seria candidato, disseram ai que eu estou muito doente, até isso falaram e que a minha mulher não quer de jeito nenhum que eu seja candidato" (SIC) completou.

Farmácias de Plantão em Cataguases
04 Domingo
05 Segunda
06 Terça
07 Quarta
08 Quinta
09 Sexta
10 Sábado
FarmaCenter São Geraldo Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza
N. Sra Rosário Silveira Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II