sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Governo de Minas irá parcelar o salário de mais de 150 mil servidores estaduais

Cronograma de pagamento foi anunciado nesta sexta-feira (15/1) pelos secretários de Planejamento, Helvécio Magalhães, e Fazenda, José Afonso Bicalho

Foto: Marcelo Sant'Anna/Imprensa MG

Os secretários de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, e de Fazenda, José Afonso Bicalho, se reuniram nesta sexta-feira (15/1) com representantes de cerca de 40 sindicatos e associações que representam os servidores estaduais para anunciar o calendário de pagamento do funcionalismo referente aos meses de janeiro, fevereiro e março. A partir de fevereiro deste ano, os salários de servidores que recebem mais de R$ 3.000 de salário líquido, ou seja, descontando a contribuição previdenciária e o imposto de renda será escalonado e parcelado.


O governo argumenta que 75% do funcionalismo público (477 mil servidores estaduais), receberão normalmente e integralmente no quinto dia útil (5 de fevereiro, 7 de março e 7 de abril).


Quem tem salário de até R$ 6 mil, que corresponde a 17% do funcionalismo (107.494 servidores), vai receber R$ 3 mil no dia 5 de fevereiro e o restante no dia 12. Em março, os pagamentos serão feitos nos dias 7 e 11. Em abril, os vencimentos serão em 7 e 12.

Os servidores que têm o salário maior que R$ 6 mil, que correspondem a 8% do funcionalismo (50.585 servidores), vão receber R$ 3 mil no dia 5 de fevereiro, R$ 3 mil em 12 e o restante no dia 16. Em março, os pagamentos serão nos dias 7, 11 e 16. Em abril, os servidores vão receber nos dias 7, 12 e 15.

Dessa forma, os servidores com até R$ 3 mil de salário líquido receberão o salário integral em parcela única, até R$ 6 mil parcelado em duas vezes e acima de R$ 6 mil parcelado em três vezes.

Hélvécio Magalhães e José Afonso Bicalho disseram que déficit previsto para este ano é de praticamente R$ 9 bilhões.

“O Governo de Minas Gerais está trabalhando, em todas suas áreas, para buscar soluções que equilibrem as finanças e amenizem o impacto deste cenário para os servidores públicos estaduais. Os canais de diálogo com os representantes dos servidores estão abertos”, ressaltou o secretário de Planejamento, Helvécio Magalhães.

Segundo o secretário, o governo vai aguardar o resultado de todas estas ações – incluindo a reforma administrativa – e o desempenho das finanças do Estado para definir como ficarão as escalas de pagamento a partir de abril.

Com informações da Agência Minas

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila