domingo, 17 de janeiro de 2016

EXCLUSIVO: Mulher assassinada em Cataguases chegou a ser indiciada por abandonar 6 filhos no Rio de Janeiro

A mulher brutalmente assassinada no bairro Beira Rio em Cataguases neste sábado (16), Ana Flávia Leitão, 37 anos, era procurada pela polícia por abandono de incapaz no Estado do Rio de Janeiro.

Conforme dados do Site da Polícia Civil do Rio de Janeiro, quatro crianças filhas de Ana Flávia, foram resgatadas por Policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV), no dia 22 de maio de 2012 em Anchieta, Zona Norte do Rio.

De acordo com o delegado titular da especializada, Marcello Maia, os agentes receberam uma informação de que na rua Faustino Lins, haveria 4 crianças em situação de risco e foram até o local verificar. Ao chegarem no endereço, os vizinhos informaram que a mãe dessas crianças não estava mais na residência, e que os filhos estariam em casas de parentes.

Na casa ao lado, os policiais conseguiram encontrar as quatro crianças, que de acordo com a vizinha, a mãe dos menores, Ana Flávia Leitão, teria viajado em Fevereiro para Minas Gerais, dizendo que voltaria no dia seguinte, mas não retornou.

De acordo com o delegado, Ana Flávia foi indiciada pelo crime de abandono de incapaz e as crianças foram encaminhadas para a DCAV, sendo acolhidas pelo Conselho Tutelar,  já que apesar da boa vontade da vizinha, não seria possível prover a subsistência dessas crianças conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente.

Casa onde Ana Flávia morava em Anchieta
Foto: Guilherme Pinto / Extra
Segundo o Jornal Extra noticiou na época, ela seria filha de um fazendeiro de Belo Horizonte e recebia do pai R$ 5 mil por mês para cuidar das crianças. O dinheiro, no entanto, era gasto com festas e bebidas e ao saber do mau uso dado à mesada, o fazendeiro decidiu cortá-la. Desde então, vivia na miséria e obrigava os filhos a venderem balas pelas ruas. A revelação foi feita por uma testemunha à Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima (Dcav).

Além dos quatro filhos abandonados que foram acolhidos pelo Conselho Tutelar, com idade entre 2 e 6 anos na época, uma quinta criança de 10 anos, foi recolhida pela Dcav. A menina foi encontrada na casa da mãe da vizinha que ficou cuidando das crianças em Anchieta. Ela morava com o pai mas conforme a dona de casa contou à polícia, a menina costuma passar alguns dias na sua casa.

Em entrevista para o jornal, a vizinha que acolheu as crianças disse que As menores mal falavam e os maiores nem perceberam a ausência da mãe, passavam o dia todo brincando, que Ana Flavia também não demonstrou saudade dos filhos. Chegou a fazer contatos mas nunca perguntou pelas crianças. A alegação pelo abandono era a falta de dinheiro.

Ainda segundo o Jornal Extra, vizinhos de Ana Flavia não se surpreenderam com o abandono das crianças. Segundo informações de moradores que não quiseram se identificar, a mãe das crianças viajou por diversas vezes, deixando os menores sozinhos dentro de casa.

Outra filha de Ana Flavia, de 12 anos, na época, estaria se prostituindo nas ruas de Marechal Hermes, segundo uma testemunha. A menina também foi encontrada e levada ao Conselho Tutelar. Vizinhos contam que a menina, desde os 9 anos, tinha brigas constantes com a mãe e fugiu de casa. Para sobreviver, foi viver na rua.

Ao todo, Ana Flávia tinha 8 filhos, conta o Jornal.

*Com Informações do Site da Policia Civil RJ e
Jornal Extra Online

Saiba Mais:

Farmácias de Plantão em Cataguases
04 Domingo
05 Segunda
06 Terça
07 Quarta
08 Quinta
09 Sexta
10 Sábado
FarmaCenter São Geraldo Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza
N. Sra Rosário Silveira Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II