terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Cataguases: PM apreende motocicleta e prende mais um mototaxista irregular


A Policia Militar apreendeu mais uma motocicleta e prendeu um suposto mototaxista, flagrado por exercício ilegal da profissão nas proximidades da Praça da Vila Tereza, por volta das 11 horas desta terça-feira (2).

Conforme a PM, a motocicleta não apresentava os itens obrigatórios para o exercício da profissão como antena corta-pipas, protetor tipo "mata-cachorro", placa vermelha entre outros, conforme Resolução 356 do Contran. Além do mais, a atividade ainda não foi regulamentada no município.

No dia 26 de janeiro último, após aviso da Catrans, a PM começou a apreender as motocicletas utilizadas como mototáxi. Na ocasião, o TEN Lacerda disse que desde o mês de novembro de 2015 o serviço de transporte público alternativo conhecido como “mototáxi” vem funcionando de forma irregular no município de Cataguases, sem que se cumpra a legislação em vigor a saber: Lei nº 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro – CTB), Lei nº 12.009/2009, Resoluções do CONTRAN números: 203/2006, 356/2010, 378/2011, 410/2012 e 414/2012 e Ofício nº 211.2/13 da Diretoria de Meio Ambiente e Trânsito da Polícia Militar de Minas Gerais.

Com base nestes fatos, o veículo foi removido a um pátio credenciado do Detran e o condutor, recebeu voz de prisão em flagrante delito, sendo levado para Delegacia onde assinou um termo circunstanciado de ocorrência, sendo liberado em seguida.

Nós tentamos entrar em contato com o mototaxista, mas não conseguimos, porém, um dos líderes da categoria, Rodrigo Magno Domiguito, disse que o rapaz alegou que não estaria exercendo a atividade e que estava dando uma carona quando o fato ocorreu. Ele também disse que a documentação está em andamento e que em breve a categoria estará legalizada em Cataguases. Rodrigo voltou a dizer que as categorias de motofrete e motoboy também não estão legalizadas no município, necessitando também de fiscalização.

A comissão instituída pelo prefeito Cesinha Samor através da portaria nº 13/2016, para elaboração de Projeto de Lei visando regulamentar o exercício das atividades dos profissionais em transporte de passageiros “mototaxista”, serviço comunitário de rua “motoboy” e transporte de mercadorias “motofrete”, ainda não pôde reunir porque deverá ser incluído mais um membro representando o Conselho Municipal de Trânsito. A nova portaria, deverá ser publicada no próximo domingo e a partir daí, terá prazo de 30 dias para apresentar um projeto.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Vinicius Machado, o projeto já está pronto e deverá ser o mesmo que foi apresentado pela Câmara e vetado pelo prefeito Cesinha. Por este motivo, após apreciação e adequação dos membros da comissão, o projeto poderá dar entrada na Câmara e a expectativa é que isto aconteça ainda neste mês de fevereiro, para posterior votação.

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila