segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Presidiário de Cataguases é assassinado em Muriaé onde cumpria pena

Juliandro Tomáz, 33 anos, natural de Cataguases e morador do bairro Guanabara, cumpria pena na Penitenciária Regional de Muriaé e foi assassinado com pelo menos 6 tiros, no início da manhã desta segunda-feira (22), logo após sair da instituição para ir ao trabalho.

Conforme informações, ele cumpria pena em regime semi-aberto e  tinha autorização judicial para trabalhar. Ele foi baleado quando seguia de bicicleta pela avenida que liga a penitenciária à BR-356, e encontrado por agentes penitenciários que se dirigiam para mais um turno de trabalho.

O trabalho inicial da perícia apurou que a vítima apresenta duas perfurações na cabeça - na testa e atrás da orelha -, uma nas costas e outra no braço esquerdo, além de duas lesões de raspão no mesmo braço.  O celular de Juliandro foi atingido por um tiro e em um de seus bolsos foram encontrados R$ 60 em dinheiro.

De acordo com os agentes penitenciários que encontraram Juliandro caído na avenida, ele cumpria pena pelo crime de homicídio.

O corpo do detento será encaminhado para o IML de Muriaé e ainda não há informações sobre a autoria do crime.

3º assassinato do ano

Este é o terceiro homicídio do ano em Muriaé e o segundo no qual a vítima trata-se de detento albergado da Penitenciária Regional.

No fim da tarde do dia 21 de janeiro, Tiago Correa Braga, 25 anos, conhecido como “Tiririca” foi morto com vários tiros, na BR-356, quando retornava para o estabelecimento prisional.

Com informações e fotos da Rádio Muriaé


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
08 - Domingo 09 - Segunda 10 - Terça 11 - Quarta 12 - Quinta 13 - Sexta 14 - Sábado
N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas Sta Rita Dose Certa
Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos Saúde e vida Drogasil