terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Vereador José Augusto Titoneli fala sobre veto total do prefeito Cesinha em seu projeto para colocação de câmeras na rodoviária

O vereador José Augusto Guerreiro Titoneli, falou na manhã desta terça-feira (16) para a reportagem do Site Mídia Mineira sobre o veto total do prefeito Cesinha Samor ao seu Projeto de Lei número 03/2015 que torna obrigatória a implantação de Câmeras de videomonitoramento no terminal de ônibus de Cataguases e nos pontos finais dos ônibus urbanos. 

Segundo o vereador, o prefeito vetou alegando vício de iniciativa, ou seja, o projeto deveria partir do Executivo e não do Legislativo. Segundo o vereador, o projeto segue a mesma linha de outros projetos de sua autoria, visando melhorar a segurança do município e que o custo não é tão alto. "Só porque o vereador apresentou o projeto de Lei, ele não pode ser levado a frente por vício de iniciativa, mas como ele não inicializa nada, a gente toma pra gente esta vontade de fazer com que as coisas aconteçam" 

O vereador elogiou o prefeito José Roberto de Leopoldina por ter encaminhado Projeto de Lei Complementar para pagar o piso salarial do magistério municipal. "O mesmo projeto que apresentei aqui no ano passado e gerou muita polêmica foi vetado por conter vício de iniciativa. O Zé Roberto não está fazendo nada além de sua cumprir com sua obrigação, quem não está cumprindo com sua obrigação é o governo de Cataguases" disse.

Titoneli também criticou os restos a pagar que passaram de R$ 18 milhões, a manutenção das ruas e completou dizendo que "vício de iniciativa é para quem não está tomando a iniciativa"

O veto será apreciado pelos vereadores nesta terça-feira (16).

Confira o vídeo com a entrevista completa abaixo:

Farmácias de Plantão em Cataguases
04 Domingo
05 Segunda
06 Terça
07 Quarta
08 Quinta
09 Sexta
10 Sábado
FarmaCenter São Geraldo Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza
N. Sra Rosário Silveira Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II