quarta-feira, 23 de março de 2016

Cataguases: Em Nota oficial, Prefeitura esclarece críticas do vereador Titoneli e diz que Praça Santa Rita será inaugurada em abril

A Prefeitura Municipal de Cataguases enviou nota oficial de esclarecimento, para nossa redação, após a divulgação da matéria com o vereador José Augusto Guerreiro Titoneli, nesta terça-feira (22), onde o vereador critica as obras da Praça Santa Rita, Coleta de lixo, aumento da tarifa de ônibus coletivo, obras do Mercado do Produtor, entre outras. Confira a matéria na íntegra aqui.

Na nota, a prefeitura diz que o Prefeito Cesinha Samor tem mantido contato pessoal com o escritório do IPHAN, em Belo Horizonte, com o objetivo de solicitar rapidez na conclusão das obras, previstas para terminar em fevereiro, mas devido a ajustes no projeto, a obra está prevista para terminar no mês que vem, com inauguração no dia 10 de abril. 

A nota esclarece ainda, sobre os serviços de coleta de lixo, capina e pavimentação das vias, sobre o aumento da tarifa de ônibus e Restos a Pagar do município.


Confira abaixo a nota na íntegra:

Saiba mais:

Nota de esclarecimento sobre matéria divulgada na mídia nesta terça-feira (22)
A Prefeitura de Cataguases esclarece que as obras da Praça Santa Rita são de responsabilidade do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), no entanto, são fiscalizadas pela Prefeitura, através das secretarias de Obras e de Cultura e Turismo. Além disso, o Prefeito Cesinha Samor tem mantido contato pessoal com o escritório do instituto em Belo Horizonte, com o objetivo de solicitar rapidez na conclusão das obras. O projeto original previa o término das mesmas para o mês de fevereiro. No entanto, foram necessários alguns ajustes no projeto original, atrasando o serviço, cuja conclusão está prevista para abril, com inauguração agendada para o dia 10 daquele mês.
Com relação ao serviço de coleta de lixo no município, com a mudança da empresa que fazia o mesmo, houve alguns ajustes necessários, que não prejudicou a coleta na cidade. Inclusive há dia e horário predefinido para o serviço, atendendo toda a cidade. Matéria sobre este tema foi veiculada na página do Facebook da Prefeitura recentemente, inclusive solicitando à população que contribua com o serviço de coleta depositando seu lixo nos horários próximos à passagem do caminhão de lixo, evitando o acúmulo do mesmo em via pública.
Outro ponto abordado na matéria refere-se ao serviço de capina. Vale ressaltar que entre os meses de dezembro e março, em função do maior volume de chuvas, o crescimento do capim é maior. De qualquer maneira, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, vem atuando com capina em várias áreas da cidade. A expectativa é que o problema seja minimizado nos próximos meses, com a diminuição das chuvas. Sobre a pavimentação, esta também é mais afetada no período chuvoso, além disso, há obras sendo executada em todo o município pela Copasa na pavimentação das vias. Mas, a Prefeitura vem realizando sistematicamente operações tapa-buraco e vai realizar no dia 6 de abril licitação pública para aquisição de emulsão asfáltica, pois possui sua própria usina de asfalto.
Sobre o aumento da tarifa de ônibus, a Prefeitura esclarece que foi criada uma comissão para tratar do assunto no mês de fevereiro. Esta comissão analisou todos os índices e as tarifas praticadas nas cidades da região. O valor de R$ 2,25 é um dos menores em comparação com estas cidades. Também foi veiculado que o Mercado Municipal do Produtor vai ganhar um “puxadinho”. Na verdade, existe um projeto arquitetônico e estrutural para ampliação daquele espaço, a fim de melhor atender a população e também os comerciantes do local.
Por fim, com relação aos restos a pagar da Prefeitura de Cataguases, os mesmo vêm se mantendo no patamar das gestões anteriores, o que faz com que a dívida cresça. Porém, a Prefeitura vem buscando soluções para diminuir os gastos, como por exemplo, a transferência de vários órgãos municipais para um único prédio, o novo Centro Administrativo, no prédio do antigo Hospital Pronto-Cordis, com o objetivo de atenuar os gastos com aluguéis. Também houve uma diminuição no número de servidores da Prefeitura, que hoje são 1.800 profissionais, contra 2.400 no início da gestão. Neste sentido, com austeridade, a administração municipal espera que em 2016 haja uma queda na dívida dos restos a pagar.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila