quinta-feira, 10 de março de 2016

Microempresário passa mal no centro de Cataguases e fica mais de 3 horas no sol aguardando atendimento

Um microempresário do ramo de celulares, passou mal na manhã desta quarta-feira (9), por volta das 8h30, na Praça Chácara Dona Catarina, no centro de Cataguases e ficou esperando por aproximadamente 3 horas para ser socorrido.


Conforme sua esposa contou a nossa reportagem, ela e outras pessoas que viram a cena, ligaram para o SAMU que não pode atender, devido o veículo de socorro já estar ocupado, em seguida, ela tentou solicitar uma ambulância do Hospital de Cataguases que informou que não dispunham de ambulância no momento. Ainda conforme relato da esposa, seu marido começou a sentir fortes dores na região da coluna, começou a suar frio, assentou-se no banco e não mais conseguiu se levantar do local. Ele ficou no sol até o meio dia, aproximadamente, recebendo apenas a solidariedade das pessoas que passavam e viam a cena. Durante o tempo de espera, ela contou que ligou para o Hospital de Cataguases, Secretária de Saúde e Prefeitura, mas segundo ela, não foi atendida.

A enfermeira Fátima, que passava pelo local, prestou assistência e chegou a ligar para prefeitura de Cataguases onde recebeu a informação de que eles iriam fazer o possível para ajudar.

Quando o SAMU chegou e o empresário foi socorrido e levado para o Hospital de Cataguases, conforme relatou a esposa, o médico não solicitou exame e apenas receitou medicação para dor e liberou o paciente. "Implorei uma radiografia e hemograma, mas foi negado, só liberou exame de urina por desencargo. Por fim, saímos do atendimento do SUS, paguei uma consulta e hemograma, para ele ser examinado e medicado. Meu marido é mais um caso entre mil que devem passar pelo Hospital diariamente". Disse a esposa.

Nossa reportagem entrou em contato com o provedor do Hospital de Cataguases, Wilson Crepaldi, que nos informou que a reclamação não foi oficializada à administração, que caso o paciente queira oficializar a reclamação por escrito, a administração está a disposição para chamar o profissional e conversar para solucionar o problema, embora a administração não possa interferir em procedimento médico.

O Site Mídia Mineira também entrou em contato com a ouvidoria do SAMU pela manhã que nos informou que a assessoria de comunicação entraria em contato para nos dar uma explicação mas até o momento do fechamento desta matéria não obtivemos resposta.

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila