terça-feira, 26 de abril de 2016

TSE: Justiça determina identificação de autor de boatos sobre Bolsa Família

Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral, (TSE) Maria Thereza de Assis Moura determinou no último dia 22, sexta-feira que uma empresa de telefonia identifique, em dez dias, o proprietário de uma linha de celular que teria distribuído, durante as eleições de 2014, mensagens vinculando a continuidade do programa Bolsa Família ao resultado da disputa presidencial. 

A decisão foi tomada nas ações que pedem a cassação da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer por abuso de poder político e econômico, além da suspeita de que a campanha dos dois foi abastecida com dinheiro desviado da Petrobras. 

Os torpedos ligavam a possível eleição do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que acabou como segundo colocado da disputa eleitoral, ao fim do programa “Bolsa Família” e eram assinadas pelo governo federal. 

O Planalto negou ligação com as mensagens. O número que teria replicado as mensagens é de um aparelho registrado no Rio de Janeiro. Além dos dados do proprietário entre julho e outubro de 2014, o TSE também requisitou relação de outras linhas do mesmo usuário e quantas mensagens foram por elas enviadas no período.

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral, 
reportagem Storni Jr.

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila