terça-feira, 3 de maio de 2016

Especialista discorda do bloqueio da WhatsApp baseado no Marco Civil da Internet

Uma pesquisa feita em dezembro pelo Ibope indica que o WhatsApp é o aplicativo mais usado no país. Está no telefone de 93% dos internautas brasileiros. Não é à toa que o bloqueio deu o que falar. Primeiro, por meio de mensagens. Depois que o aplicativo saiu do ar, o assunto ganhou as ruas.

Foto: Bruno Fortuna/ Fotos Públicas
O juiz criminal Marcel Montalvão determinou a suspensão do serviço por 72 horas, a partir das 2 horas da tarde dessa segunda-feira. O pedido foi feito pela Polícia Federal e teve parecer favorável do Ministério Público. O juiz entendeu que foi preciso tirar do ar o WhatsApp em todo o país, para investigar o tráfico de drogas na cidade de Lagarto, em Sergipe.

De acordo com a decisão judicial, a medida se baseia no Marco Civil da Internet. O diretor do Instituto Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, Carlos Affonso, que colaborou com a elaboração do Marco Civil, discorda. Para ele, o Marco Civil da Internet diz exatamente o oposto e proíbe esse tipo de suspensão.

O processo segue em sigilo e, por isso, nem o juiz Marcel Montalvão nem o Tribunal de Justiça de Sergipe responderam à critica.

O problema é que o WhasApp é tão popular, que virou ferramenta de trabalho e até um canal para vendas. Bárbara Manduca é gerente de marketing de um shopping popular em Belo Horizonte que usa o aplicativo para vender produtos para todo o país. De acordo com ela, somente nas primeiras horas de bloqueio, as vendas caíram cerca de 30%.

O presidente da Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, João Rezende, avaliou que a suspensão do aplicativo em todo o país é uma medida desproporcional porque pune os usuários do serviço. Entre as alternativas para troca de mensagens estão os aplicativos Telegram, e o ZapZap, um programa desenvolvidos por brasileiros, além do torpedo SMS.

Agencia Brasil

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila