sábado, 11 de junho de 2016

Cataguases: Idosa fica ferida próximo ao Mercado do Produtor dois dias após acidente que vitimou outra idosa levantando a questão da mobilidade urbana



O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU, foi acionado no final da manhã desta sexta-feira (10), para atender uma idosa de 73 anos, que caiu sobre a linha férrea, vindo a bater a cabeça em um dos trilhos. Ela foi socorrida por populares até que o SAMU pudesse chegar.

Felizmente, apesar de muito sangue, as lesões foram leves e a idosa foi devidamente atendida.

O fato aconteceu 2 dias após uma outra idosa, de 75 anos ter morrido após ter sido atropelada por um caminhão quando tentava atravessar a rua próximo ao Hospital de Cataguases.

Segundo matéria do Site da Universidade Metodista de São Paulo, estimativas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número da população acima de 65 anos deve quadruplicar até 2060, passando de 14,9 milhões (7,4% do total), em 2013, para 58,4 milhões (26,7% do total). De acordo com o urbanista e arquiteto Jair Oliveira, o principal problema da dificuldade de locomoção nas cidades brasileiras é a falta de planejamento do poder público e da iniciativa privada. “É um conjunto complexo de problemas que demanda uma ação muito séria, e o Brasil não está planejando seu futuro”, disse.

Esta realidade levanta a questão da necessidade de se implantar políticas públicas que possibilitem ao idoso maior acessibilidade nas vias públicas, como sinalização adequada e a retirada de obstáculos que dificultem a sua locomoção.

A Lei nº 12.587/12 (Lei de Mobilidade Urbana), determina que municípios com mais de 20 mil habitantes deveriam elaborar, até abril de 2015, seus Planos de Mobilidade Urbana. Entre outras coisas, a Lei garante em seu artigo 24, inciso IV, acessibilidade para pessoas com deficiência e restrição de mobilidade. No entanto, esta Lei não está sendo cumprida em muitos municípios, entre eles, Cataguases.

O governo federal prevê desde junho de 2013 R$ 50 bilhões para obras de mobilidade urbana em todo país. Além desses recursos, destina R$ 93 bilhões à melhoria do transporte público, totalizando R$ 143 bilhões ao setor, mas apenas para os municípios que já tiverem implantado seus planos de mobilidade urbana.

Em ano eleitoral, torna-se fundamental que essa discussão faça parte dos debates e um desafio para a administração que assumirá o Executivo a partir de 2017.

Com informações do Rudge Ramos Jornal 

Um comentário :

  1. "O governo federal prevê desde junho de 2013 R$ 50 bilhões para obras de mobilidade urbana em todo país. Além desses recursos, destina R$ 93 bilhões à melhoria do transporte público, totalizando R$ 143 bilhões ao setor, mas apenas para os municípios que já tiverem implantado seus planos de mobilidade urbana."


    Onde será que foi parar?????

    ResponderExcluir

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila