terça-feira, 4 de outubro de 2016

Vídeo: Prefeito eleito de Cataguases, Willian Lobo, concede sua primeira entrevista

Willian Lobo de Almeida, concedeu sua primeira entrevista exclusiva como prefeito eleito de Cataguases, ao Site Mídia Mineira e Programa Mídia Mineira na manhã desta segunda-feira (3), pela Rádio Multisom Sertaneja (FM 101,9) com reprise pela Multisom Cataguases (AM 550).

Willian disse que a partir de agora já começa a trabalhar com empenho e dedicação para buscar alternativas e mecanismos viáveis para enfrentar a grande dívida do município que deverá encontrar em 2017. Em relação a oposição, o prefeito eleito deixou claro que pretende conversar com todos e que pode inclusive chamar pessoas da oposição para trabalhar em seu governo: "Eu acho que acabou o pleito eleitoral e todo mundo que ama a cidade e que gosta tem de se respeitar e na verdade todo mundo sabe desde o início de minha campanha que não seria uma campanha definida por trocas [...], eu acho que a população de Cataguases espera mais de mim, ela espera que eu faça um governo com a equipe que nós acharmos melhor  em cada função".  O professor também comentou sobre a desconstrução que fizeram em relação a sua pessoa nas redes sociais com divulgação de factoides os quais chamou de "política rasteira".

Em relação a Câmara Municipal, o novo prefeito disse que ficou feliz com a eleição da maioria da câmara pelas coligações que o apoiaram, 8 ao todo, mas afirmou que pretende trabalhar com todos os 15 vereadores. Segundo ele, a intenção é sentar com cada um para atrair junto a seus respectivos partidos os recursos necessários a cidade. 

Sobre as obras que estão em andamento, Willian disse que pretende dar sequencia a todas e em relação ao secretariado, deixou claro que ainda não existe definição de nomes, que pretende sentar e dialogar com seu vice, Tita Lima e equipe, para ver o melhor curriculum para assumir os cargos até 31 de dezembro.

Willian atribuiu a baixa votação do atual prefeito, Cesinha Samor, a traições de pessoas que antes recebiam total apoio do prefeito mas que na última hora "abandonaram o barco". "O ex-prefeito Paulo Schelb falava que se você quer conhecer política deve olhar depois que perde a eleição, porque no dia que você perde a eleição, você pode somar quantos amigos você tem, depois de 15 dias, um ano pode se avaliar isso melhor. Aconteceu com todos os gestores que saíram da prefeitura e foi diferente com Cesinha, que sofreu esse golpe mesmo antes de ter na verdade perdido a eleição. Nós convivemos com isso depois da eleição, ele conviveu com fortes traições antes".

O novo prefeito comentou a tentativa de algumas pessoas derrotadas em desmerecer sua vitória, dizendo que seriam pessoas sem instrução. "Eu não julgo que as pessoas que não votaram em mim são pessoas despreparadas [...] mesmo eu tendo feito duas pós-graduações, eu tenho origem na zona rural, eu levo cacoetes e a universidade não vai mudar minha forma de agir, brincavam comigo, me chamando de professor capiau da roça, mas eu tenho muito orgulho quando as pessoas me chamam de capiau da roça, de roceiro, porque na zona rural as pessoas são verdadeiras, tem sensibilidade, amor, tem uma maneira franca de dizer se gostam ou se não gostam das suas ações e suas atitudes".

Por fim, Willian destacou que o principal ponto negativo da campanha foi a rede montada para desconstruir sua imagem, tanto nas redes sociais quanto nas ruas, como pontos de ônibus, com a divulgação de várias mentiras e calunias.

Confira abaixo o vídeo com a entrevista na íntegra:

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
27 Domingo
28 Segunda
29 Terça
30 Quarta
01 Quinta
02 Sexta
03 Sábado
Droga Minas Coimbra Econômica
Pague Menos Aeropharma Drogaria da vila