quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Cataguases: obras das creches dos bairros Popular e Taquara Preta podem parar por falta de pagamento






Os empresários responsáveis pelas construtoras: Prima Casa Ltda e P.M.A. Construções Edificação e Pavimentação, responsáveis pela execução das obras das creches nos bairros Taquara Preta e Popular respectivamente, compareceram na sessão da Câmara Municipal de Cataguases na última terça-feira (6), para alertar sobre a interrupção dos repasses por parte do Governo Federal para pagamento das empresas.

Nossa reportagem visitou a creche no bairro Popular e conversou com o responsável pela empresa PMA, Silvio Ricardo Queiroz Pereira, sobre o assunto. Na ocasião, o vereador Michelângelo de Melo Correa, também estava presente.

Segundo Silvio, a obra no bairro Popular, iniciou no dia 11 de dezembro de 2015, com previsão de execução de 9 meses, mas devido a descontinuação dos recursos oriundos do  Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o quadro de funcionários e os materiais acabaram reduzidos, provocando atraso no cronograma. Atualmente, quase 60% da obra já está concluída e já foram repassados aproximadamente R$ 700 mil.  Três depósitos já foram liberados pelo Governo, especificamente para a creche do Popular, mas ainda não foram efetivados na conta da Prefeitura: R$ 191.361,60 no dia 26 de agosto, R$ 90.951,33 no dia 26 de outubro e R$ 54.570,80 no dia 17 de novembro deste ano. O empresário explicou que resolveu ir a Câmara para somar forças e juntamente com o Legislativo tentar encontrar uma solução. Conforme disse, a obra corre risco de ser paralisada. "Lamentavelmente, a gente fez uma programação para a execução desse projeto que deveria, a princípio, ser executado em 9 meses mas em função dessa falta de recurso, tem se alongado. A gente tem diminuído o quadro de funcionários e colaboradores mas estamos chegando em um ponto extremamente crítico, a gente não sabe quanto tempo vamos aguentar face a falta de recursos financeiros", disse o empresário.

Silvio Ricardo fez questão de frisar que foi bem acolhido na Câmara de vereadores, sendo atendido prontamente pelo presidente e todos os vereadores que se prontificaram a acionar os deputados de suas siglas partidárias para tentar solucionar o problema.

O vereador Michelângelo Correa reafirmou para nossa reportagem o desejo de somar esforços juntamente com o prefeito eleito, Willian Lobo. No local o edil elogiou a estrutura e grandiosidade da obra mas se mostrou preocupado em relação a manutenção do local após inaugurado.

Há rumores de que os valores não estariam sendo repassados, pelo fato de que o Município poderia estar sem as certidões negativas. O Site Mídia Mineira entrou em contato com o Secretário Municipal de Fazenda, Paulo Sérgio Ferreira de Souza (Paulete), para confirmar ou não essa informação mas ainda não obtivemos resposta, devido a pessoa responsável pelo setor de convênio não se encontrar na prefeitura no horário de nosso contato.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
08 Domingo
09 Segunda
10 Terça
11 Quarta
12 Quinta
13 Sexta
14 Sábado
São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas Sta Rita
Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos Saúde e Vida