sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Além Paraíba: Polícia Civil prende merendeira de escola e seu esposo por estupro de alunas

A Policia Civil de Minas Gerais através da 28ª Delegacia de Policia Civil de Alem Paraíba após denuncia formalizada em sua sede policial e através de depoimentos prestados em cartório, iniciou uma minuciosa investigação criminal no mês de dezembro de 2016 que após concluída, a Autoridade Policial representou pelos Mandados de Busca e Apreensão e Prisão Preventiva em desfavor dos autores junto ao Poder Judiciário, sendo deferido os pedidos que nesta data veio a dar cumprimento aos referidos mandados  em desfavor do investigado  V.A. S. 64 anos e de sua comparsa e companheira I.M.C  50 anos, os quais agiam juntos para aliciar menores a praticar atos libidinosos tipificados como crime de estupro de vulnerável, Artigo 217-A do Código Penal.


Segundo a PC, a investigação iniciou a partir da representação da vitima A.P.M.C.S., hoje maior, a qual veio até a Unidade Policial e denunciou o autor V.A.S,  por praticar o crime de estupro quando a mesma tinha a idade de 9 anos, vindo este a repetir o ato no ano de 2016. A vitima, além de contar minuciosamente os fatos ocorridos, apresentou áudios de conversas entre a mesma e o autor, onde ele confessa alguns de seus crimes de estupro praticados contra crianças. Em depoimento no cartório da Delegacia de Policia Civil a vitima relatou nomes de outras crianças que também tinham sido vitimas dos envolvidos. Diante do depoimento, a Autoridade Policial, Dr. Marcos Vignolo Alves, solicitou ao setor de pericia técnica da Delegacia Regional de Leopoldina que realizasse a transcrição dos áudios apresentados pela vitima e também expediu ordem de serviço para que os Investigadores de Policia Tony Ângelo e Gustavo Tartari iniciassem a procura das demais vitimas, sendo estas localizadas, e para a surpresa dos policiais, as crianças confirmaram o crime e narraram como foram aliciadas e estupradas pelos autores. 

O que mais chamou a atenção no decorrer das investigações foi o “modus operandis” com que os autores praticavam o crime, a nocividade da conduta de ambos é de tal magnitude que se aproveitavam da condição da autora ser funcionaria da rede de ensino municipal, a qual tinha contato com diversas menores em idade escolar, para aliciar as meninas que confiavam nela, pois, a mesma trabalhava no colégio onde estudavam as menores. Desta maneira, convidava as meninas para irem ate sua residência e lá as convenciam a manter relações sexuais com seu esposo, e, algumas vezes, participava do ato libidinoso. 

As quatro vítimas, que foram ouvidas, acompanhadas de seus responsáveis e de um representante do Conselho Tutelar, relataram que após o ato, o casal as ameaçavam dizendo que se contassem o que havia ocorrido, eles iriam falar para os pais das vitimas que elas que haviam lhes procurado para manterem relações sexuais.

O Delegado Dr. Marco, diante das narrativas das vítimas em depoimentos prestados no cartório, do laudo pericial de transcrição de áudio e do relatório de investigação, representou pela prisão preventiva dos autores. O procedimento foi encaminhado ao fórum e a representação fora atendida e assim foram expedidos os Mandados de Prisão e de Buscas e apreensão em desfavor dos suspeitos. 

De posse dos Mandados, o delegado responsável pela investigação, Dr. Marco Vignolo comandou as diligências para dar o fiel cumprimento aos mandados, tendo logrado êxito na prisão dos suspeitos, que foram presos preventivamente, encaminhados ao Hospital São Salvador para serem submetidos ao exame de corpo de delito e por último conduzidos para a carceragem da Cadeia Pública de Além Paraíba onde estão à disposição da Justiça.

Durante o mandado de Buscas e Apreensão foi apreendido na casa do suspeito, vários filmes pornográficos, e diversos bichos de pelúcia.


Participaram da investigação e da Operação Os Delegados Marcos Vignolo Alves e Thiago de Carvalho Couri, os investigadores Tony, Gustavo Tartari, Daniel, Eduardo, Gustavo Alencar, e Gerson e a Escrivã Maelle Gomes"

Fonte: PCMG através do Blog do Adenilson Mendes, nosso parceiro na região.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
22 - Domingo 23 - Segunda 24 - Terça 25 - Quarta 26 - Quinta 27 - Sexta 28 - Sábado
Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas
Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos