sábado, 18 de fevereiro de 2017

Mulher é assaltada e estuprada em Cataguases

Uma mulher de 40 anos foi assaltada e estuprada na madrugada deste sábado (18) em Cataguases.

Conforme apurou o Site Mídia Mineira, a mulher estava nas proximidades do Clube do Remo, na Rua Dr. Francisco de Barros, região central da cidade, quando um morador de rua a abordou arrastando-a para debaixo da ponte metálica. Durante aproximadamente 20 a 30 minutos, a mulher foi abusada e violentada sexualmente. Após liberada, o autor fugiu e a vitima acionou a Polícia Militar que prestou todo apoio. Ela foi levada até Leopoldina onde o Médico constatou a violência sexual e em seguida foi hospitalizada no Hospital de Cataguases mas deverá ser transferida para Juiz de Fora onde precisará tomar um coquetel para prevenir a contaminação pelo vírus HIV. 


A Polícia Militar já identificou o suspeito e está empenhada em localiza-lo, a expectativa é que ele seja preso em breve. Imagens de câmeras de segurança das proximidades também foram solicitadas.

A Ponte Metálica tem sido usada de moradia por usuários de
droga. Foto: Arquivo / Mídia Mineira
A centenária ponte Astolfo Dutra Nicásio, também chamada popularmente de "Ponte Metálica" ou "Ponte Velha", tem abrigado nos últimos anos diversos moradores de rua e usuários de drogas e tem se tornado um dos pontos mais perigosos de Cataguases à noite pelo fato de alguns usuários, em momento de abstinência, virem a roubar e atacar pessoas que por ali transitam. A população já pediu inúmeras vezes que no local seja colocada algum tipo de barreira para impedir o acesso à parte de baixo da ponte, mas até o momento, nada foi feito.

28 comentários :

  1. E agora autoridades acabam com aqueles barracos ou vao esperar que a população faca isso

    ResponderExcluir
  2. A terminologia correta é "pessoa em situacao de rua", nao "morador de rua"..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, foi muito importante a sua contribuição, irá ajudar muito!

      Excluir
    2. Nossa que diferença... pessoa em situação de rua. E temporário.. 85% dessas pessoas não querem sair delan.

      Excluir
    3. A terminologia correta é VAGABUNDO!!!

      Excluir
    4. A terminologia correta é VAGABUNDO!!!

      Excluir
    5. E qual é a terminologia correta para falta de respeito e abuso para com os direitos de ir e vir do próximo?

      Excluir
    6. E qual é a terminologia correta para falta de respeito, de ir e vir, para o com o próximo?

      Excluir
    7. Não tem essa de terminologia não, a situação de vida que ele se apresenta não é justificativa pra tal ato abusurdo que ele cometeu.

      Excluir
    8. Não tem essa de terminologia não, a situação que ele se apresenta não justifica esse ato absurdo que cometeu.

      Excluir
    9. A terminologia correta é um bando de safados!!!

      Excluir
    10. A terminologia correta e se fosse um parente meu eu quebrava esse vagabundo

      Excluir
  3. Uma mulher violentada e a outra querendo se preoculpar com escrita, cada um. Kkkk

    ResponderExcluir
  4. Morador de rua mesmo. você sabe a situação do sujeito? então não venha falar lenha

    ResponderExcluir
  5. Fico boba com os politicamente corretos! Numa situação absurda dessa, é bandido, estuprador, drogado. Essa é a forma correta de chamar por esse indivíduo.

    ResponderExcluir
  6. O termo utilizado pelos órgãos de segurança pública é representado pela sigla MPR (movimento popular de rua). Depois de ter trabalhado durante 11 anos na Guarda Municipal do Rio de Janeiro controlar este movimento faz parte do conjunto de funções de auxílio aos órgãos públicos realizados pela Guarda.

    ResponderExcluir
  7. Omissão das autoridades municipais. Uma vergonha. Faz muito tempo que esse tipo de desgraça vem se anunciando e ninguém fez nada. E AGORA José?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. agora e esperar q outro monstro ou o mesmo faça outra vitima pq não falam o nome desse monstro

      Excluir
  8. São necessárias políticas públicas sociais e de saúde neste casa ! E ai prefeito, qual secretário nomeado ? Vá lá dar café e sopa pra eles na madrugada fria?

    ResponderExcluir
  9. Quero ver se quando for pego, mestre a cara deste elemento...

    ResponderExcluir
  10. Ki horror, foi se o tempo q podíamos andar tranquilos pelas ruas de nossa cidade. Eu fui assaltada em 2009, desde então tenho pânico de andar a noite.

    ResponderExcluir
  11. Ki horror, foi se o tempo q podíamos andar tranquilos pelas ruas de nossa cidade. Eu fui assaltada em 2009, desde então tenho pânico de andar a noite.

    ResponderExcluir
  12. ACHO UM cumulo não expor a foto do animal que fez ,e o nome dele tambem ,quer dizer que ele tem proteção ? e a gente não!

    ResponderExcluir
  13. ACHO UM cumulo não expor a foto do animal que fez ,e o nome dele tambem ,quer dizer que ele tem proteção ? e a gente não!

    ResponderExcluir
  14. O vagabundo ele pode tudo, sempre foi assim, a proteçao das autoridades e para eles, ja o cidadao do bem tem que pagar aos protetores do vagabundo, e ainda tem que pagar o salario do vagabundo e ainda tem que ser violentado pelo vagabundo

    ResponderExcluir
  15. O cidadao do bem tem que pagar o salario do protetores dos vagabundos, ser violentado pelo vagabundo, e pagar o vagabundo estando preso

    ResponderExcluir
  16. A mulher que foi vitima e que paga o salario dos protetores, ser violentada pelo vagabundo e ainda pagar o salario do vagabundo estando ele preso

    ResponderExcluir

Farmácias de Plantão em Cataguases
23 Domingo
24 Segunda
25 Terça
26 Quarta
27 Quinta
28 Sexta
29 Sábado
Econômica III Droga Minas Coimbra Econômica FarmaCenter São Geraldo Droganova
Silveira Pague Menos Aeropharma Drogaria da Vila N. Sra. Rosário Silveira Farmanossa