sábado, 25 de fevereiro de 2017

Polícia Civil alerta pais sobre a segurança das crianças durante o Carnaval

Delegada Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente chama a atenção para situações que vão além do desaparecimento

Foto: Max Haack/Agecom

Blocos de rua, bailes em clubes e festas são algumas das opções oferecidas para a diversão dos pequenos no Carnaval. Independentemente da escolha, a Polícia Civil alerta para os cuidados com as crianças, que devem ser redobrados em ambientes com multidões.

A delegada responsável pela Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente, Isabela Franco, afirma que “a atenção com as crianças durante as festas devem ir além do desaparecimento. Pessoas que ingerem muita bebida alcoólica se distraem facilmente e podem perder as crianças de vista”. Os riscos de assédio, ameaça, lesão corporal e até estupros também precisam ser levados em consideração, lembra a delegada.

Nos cinco dias de Carnaval de 2016, a Polícia Civil registrou, somente em Belo Horizonte, seis estupros de crianças de 0 a 11 anos. Em Minas Gerais, foram 22 casos, além de 41 casos de lesão corporal contra crianças.

Orientações:

A delegada Isabela Franco lista algumas dicas para os pais:

  • Evite mexer em bolsas ou carteiras para entregar dinheiro às crianças, pois os assaltantes estão sempre esperando uma oportunidade. Opte por entregar o dinheiro para a criança antes de sair de casa ou deixe o dinheiro em local de fácil acesso, como os bolsos da calça;
  • Ensine a criança para que ela aprenda o próprio endereço, telefone, nome dos pais, nome dos responsáveis, e que procure um policial caso se sinta perdida, assustada ou ameaçada;
  • Providencie uma forma de identificação, como pulseiras, carteiras ou etiquetas na roupa com o nome e telefone dos pais;
  • Oriente a criança para se afastar de situações perigosas, como: acidentes, aglomerações e brigas;
  • Oriente para que a criança não comente com outras pessoas sobre sua vida, bens que possui, nome da escola e profissão dos pais, etc;
  • Oriente a criança sobre com quem conversar caso perceba que está perdida. Ao chegarem em um local, mostre quem são os seguranças ou os policiais e que uniforme usam. Marque também um ponto de encontro, de fácil visualização pela criança.
Agência Minas

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
23 Domingo
24 Segunda
25 Terça
26 Quarta
27 Quinta
28 Sexta
29 Sábado
Econômica III Droga Minas Coimbra Econômica FarmaCenter São Geraldo Droganova
Silveira Pague Menos Aeropharma Drogaria da Vila N. Sra. Rosário Silveira Farmanossa