quinta-feira, 20 de abril de 2017

Prefeitura de Viçosa realiza manutenção da iluminação pública e cobra CEMIG na justiça

A Prefeitura de Viçosa está realizando um mutirão para manutenção dos pontos de iluminação pública da cidade. Desde sábado, dia 15, uma empresa especializada nesse tipo de serviço está realizando a manutenção dos postes apagados ou com funcionamento intermitentes informados pela população através do número 0800-283-1020.

Viçosa tem mais de 7 mil pontos na rede de iluminação pública e aproximadamente 10% está comprometida e necessita de manutenção. O balanço parcial da Superintendência de Gestão Pública e Governança, mostra que, até a última segunda-feira (18), 294 pontos de iluminação foram restabelecidos em diversos logradouros públicos de bairros e distritos. O Departamento de Defesa Civil da Superintendência está acompanhando todos os trabalhos e segundo o Coordenador da Defesa Civil, Rodrigo Cardoso, os trabalhos estão sendo feitos com duas equipes para maior agilidade dos serviços de manutenção.

Somente nas Avenidas Maria de Paula Santana e Marechal Castelo Branco, que formam o principal corredor de acesso ao centro da cidade, foram restabelecidos 77 pontos de iluminação. Na Avenida Bueno Brandão, além dos postes da via, foram consertadas também todas as luminárias do balaústre, tombadas pelo patrimônio histórico, que voltaram a acender em sua totalidade.

O Superintendente Luciano Piovesan Leme explica que a administração decidiu contratar o serviço terceirizado através do Consórcio Intermunicipal Multisetorial do Vale do Piranga (CIMVALPI) embora em Viçosa a Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG) continua sendo a responsável pela manutenção do parque de iluminação por força de liminar favorável ao Município de Viçosa. “Embora já fizemos várias notificações extrajudiciais e diversos ofícios entregues pessoalmente pelo Prefeito Ângelo Chequer ao presidente da Companhia (CEMIG), alertando sobre sua responsabilidade, a empresa demonstra um enorme problema de incapacidade para atender à demanda e o cidadão tem ficado prejudicado, com ruas completamente escuras, com problemas de segurança pública e descaso com o cidadão”, salientou Piovesan.

Ainda de acordo com Piovesan, a Prefeitura irá acionar judicialmente a CEMIG para cobrar todo valor gasto pela Prefeitura nas manutenções que estão sendo realizadas, uma vez que a liminar judicial determina esta responsabilidade de manutenção para a empresa e a Companhia têm praticado ato de desobediência no descumprimento da decisão judicial, além de provocar outros danos à população pela falta de manutenção na iluminação pública do município.


A ação de melhoria da iluminação conta com a participação de presidentes e líderes de bairros, que em reunião recente com o Prefeito acertaram detalhes da parceria, onde eles enviaram ofícios ao Executivo com um levantamento dos pontos de iluminação com necessidade de manutenção em seus bairros. A Defesa Civil também realizou um levantamento durante rondas noturnas pelos bairros. Todos esses dados estão sendo mesclados com as informações das chamadas ao 0800-283-1020 e, até o momento, a prefeitura já tem conhecimento de aproximadamente 600 pontos apagados e que estão sendo atendidos neste mutirão de manutenção.

O serviço continua sendo feito pelos próximos dias e os moradores devem continuar cadastrando os pontos defeituosos através da central 0800-283-1020 ou pelo telefone da Defesa Civil do Município (199) para que o máximo de atendimentos sejam realizados.

Assessoria de Comunicação da PMV

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
25 Domingo
26 Segunda
27 Terça
28 Quarta
29 Quinta
30 Sexta
30 Sábado
Dose Certa Inova Econômica III Droga Minas Coimbra Econômica FarmaCenter
Drogasil Droga Farma Cataguases Pague Menos Aeropharma Drogaria da Vila N. S. Rosário