quinta-feira, 18 de maio de 2017

Polícia Federal cumpre mandados e prende irmã e primo de Aécio Neves e assessor de Perrela

Agentes da Polícia Federal estão, nesta quinta-feira (18), cumprindo mandados de busca e apreensão nos gabinetes dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Zezé Perrela (PMDB-MG) e do deputado Rocha Loures (PMDB-PR). Os agentes chegaram em seis carros e, o acesso ao Anexo 1 do Congresso Nacional ficou restrito.

Andrea Neves, irmã e assessora do senador Aécio Neves (PSDB-MG), foi presa por agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta quinta-feira (18) na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Um primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, o Fred, também foi preso preventivamente pela Polícia Federal. Ele teria sido filmado recebendo R$ 2 milhões de propina.

Outro preso foi Menderson Souza Lima, assessor do senador Zezé Perrela (PMDB-MG). Ele também foi citado na delação de Joesley Batista. 

O procurador da República Ângelo Goulart Villela foi mais um preso da operação denominada Patmos. A Polícia Federal faz diversas buscas e cumprimento de mandados, inclusive no Tribunal Superior Eleitoral, onde atua o procurador da República preso e do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, determinou o afastamento do senador Aécio Neves do mandato. Um pedido de prisão do senador foi negado pelo ministro.

No início da noite de ontem (17), o jornal O Globo publicou reportagem, segundo a qual, em uma gravação de delação, o dono do grupo JBS, Joesley Batista, diz que o presidente do PSDB, senador Aécio Neves, teria pedido R$ 2 milhões ao empresário. O dinheiro teria sido entregue a um primo de Aécio. A reportagem diz ainda que a entrega foi registrada em vídeo pela Polícia Federal. A PF rastreou o caminho do dinheiro e descobriu que o montante foi depositado numa empresa do senador Zezé Perrella.

A assessoria de Aécio Neves divulgou nota ontem na qual diz que o senador "está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos. No que se refere à relação com o senhor Joesley Batista, ela era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público. O senador aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários".

Também na noite de ontem, a assessoria do deputado federal Rodrigo Rocha Loures informou que o deputado está em Nova York e tem retorno programado para hoje. A nota diz que em seu retorno, o deputado deverá se inteirar e esclarecer os fatos divulgados. De acordo com o jornal O Globo, o deputado foi indicado pelo presidente Michel Temer como interlocutor para solucionar um problema da JBS. Posteriormente, Rocha Loures teria sido filmado recebendo R$ 500 mil.


Segundo o jornal, ainda não há confirmação de que a delação do empresário tenha sido homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Com informações e foto da Agência Brasil 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
05 - Domingo 06 - Segunda 07 - Terça 08 - Quarta 09 - Quinta 10 - Sexta 11 - Sábado
Farmacenter Drogaria Silveira - Calçadão Droganova Drogaria São Francisco N.Sra.Aparecida Brasil Sta. Tereza
N.Sra. Rosário Farmácia Cataguases II Farmanossa Farmácia Cataguases Campinho São Mateus Silveira II