quinta-feira, 1 de junho de 2017

TCE suspende licitação de iluminação pública em Muriaé avaliada em R$ 169 milhões

Em sessão de Pleno, o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais referendou a decisão liminar do conselheiro Wanderley Ávila pela suspensão da Concorrência Pública nº 06/2016 de Muriaé, destinada à modernização da rede de iluminação pública da cidade. O processo licitatório, iniciado em 2016 pelo ex-prefeito Aloysio Navarro de Aquino, tem um custo para o município estimado em R$ 169,4 milhões pela área técnica do TCEMG. A decisão foi tomada pela unanimidade dos conselheiros presentes à sessão desta quarta-feira (31).

O processo foi aberto a partir de duas denúncias formuladas ao TCE pelas empresas Compillar Entretenimento Prestadora de Serviços Eireli (EPP – empresa de pequeno porte) e Quark Engenharia Eireli, em dezembro de 2016. As denúncias foram transformadas em processo sob a relatoria do conselheiro Wanderley Ávila, que determinou uma análise técnica. Treze irregularidades foram descritas no relatório técnico, inclusive algumas relacionadas à publicidade do certame, o que levou o conselheiro a determinar a suspensão em caráter liminar, agora referendada pela Corte de Contas.

O Tribunal determinou, ainda, a Intimação do atual prefeito de Muriaé, Ioannis Konstantinos Grammatikopoulos, o Grego, para que comprove a suspensão da licitação no prazo de cinco dias, informando que o descumprimento poderá implicar em multa de R$ 10 mil.
Fonte: TCE-MG

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Farmácias de Plantão em Cataguases
25 Domingo
26 Segunda
27 Terça
28 Quarta
29 Quinta
30 Sexta
30 Sábado
Dose Certa Inova Econômica III Droga Minas Coimbra Econômica FarmaCenter
Drogasil Droga Farma Cataguases Pague Menos Aeropharma Drogaria da Vila N. S. Rosário