quinta-feira, 1 de junho de 2017

TCE suspende licitação de iluminação pública em Muriaé avaliada em R$ 169 milhões

Em sessão de Pleno, o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais referendou a decisão liminar do conselheiro Wanderley Ávila pela suspensão da Concorrência Pública nº 06/2016 de Muriaé, destinada à modernização da rede de iluminação pública da cidade. O processo licitatório, iniciado em 2016 pelo ex-prefeito Aloysio Navarro de Aquino, tem um custo para o município estimado em R$ 169,4 milhões pela área técnica do TCEMG. A decisão foi tomada pela unanimidade dos conselheiros presentes à sessão desta quarta-feira (31).

O processo foi aberto a partir de duas denúncias formuladas ao TCE pelas empresas Compillar Entretenimento Prestadora de Serviços Eireli (EPP – empresa de pequeno porte) e Quark Engenharia Eireli, em dezembro de 2016. As denúncias foram transformadas em processo sob a relatoria do conselheiro Wanderley Ávila, que determinou uma análise técnica. Treze irregularidades foram descritas no relatório técnico, inclusive algumas relacionadas à publicidade do certame, o que levou o conselheiro a determinar a suspensão em caráter liminar, agora referendada pela Corte de Contas.

O Tribunal determinou, ainda, a Intimação do atual prefeito de Muriaé, Ioannis Konstantinos Grammatikopoulos, o Grego, para que comprove a suspensão da licitação no prazo de cinco dias, informando que o descumprimento poderá implicar em multa de R$ 10 mil.
Fonte: TCE-MG

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
22 - Domingo 23 - Segunda 24 - Terça 25 - Quarta 26 - Quinta 27 - Sexta 28 - Sábado
Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas
Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos