quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Fim do sorriso! Dentistas de Cataguases se recusam a responder questionário do PMAQ e Município poderá perder mais verba na saúde

Na sessão desta terça-feira (26), da Câmara de Vereadores, o médico pneumologista, Dr. Joseph Freire, fez uma denuncia na tribuna. Segundo ele, o dentista que atua no posto de Estratégia de Saúde da Família - ESF, se recusou a responder o questionário para avaliação do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica - PMAQ-AB. Com isso, o Município poderá perder recursos que seriam investidos no próprio posto. A recusa pode ter sido uma retaliação pelo falo do Município ter implantado ponto biométrico nos postos o que obriga aos profissionais a cumprir o horário.

O médico Dr. Joseph Freire fez a denuncia na
tribuna da Câmara
"Eu fiquei muito triste com o que aconteceu ontem [segunda-feira], durante a visita do PMAQ. O PMAQ é uma estrutura de avaliação da Rede Básica dos municípios, em que qualifica o posto para que o incentivo continue, esse incentivo é destinado ao Município e essa avaliação ocorre de 3 em três anos. Se uma avaliação for mal, só poderá ser mudada essa história 3 anos depois. E tudo depende do dentista. Se o posto tiver uma ótima estrutura, melhor médico, melhor atendimento e exames mas o dentista disser: eu não vou responder, eu não quero responder... o posto zera a sua qualificação e o posto é desqualificado e isso aconteceu ontem no posto do Bandeirantes. Os dentistas do Posto do Bandeirantes se recusaram a serem avaliados pelo PMAQ. Em conseqüência disso, o posto de saúde do Bandeirantes será desqualificado ou avaliado por baixo. O posto do Paraíso iria acontecer a mesma coisa, mas eu tenho muito que agradecer a duas profissionais de quilate porque conseguiram separar o joio do trigo, o que é defender uma categoria de salário e o que é defender uma equipe de trabalho, são duas coisas distintas, a dentista Maria Inês e a dentista Sônia merecem todo o meu apoio, toda minha congratulação pelo caráter imparcial com relação aos colegas. Uma coisa é o salário, vamos resolver depois, a outra coisa é você condenar um posto ao rebaixamento por uma atitude que não pé justa com a equipe que está lá há vários anos, que é o médico, o enfermeiro, o técnico de enfermagem e os agentes de saúde." disse o médico na tribuna.

Nossa reportagem entrou em contato com o secretário de saúde, Eliermes Teixeira, que confirmou o acontecido. Segundo ele, a secretaria de saúde irá tentar junto ao Ministério da Saúde, desclassificar apenas a equipe de saúde bucal e não toda a unidade, uma vez que a equipe toda de agentes, enfermeiros técnicos e médico se empenharam ao máximo para um bom resultado, disse.

O secretário disse ainda que está aguardando e que outros profissionais podem ter a mesma conduta, uma vez que alguns assinaram se recusando a participar da avaliação. "Quanto às medidas, iremos avaliar os prejuízos, mas sabemos que na verdade o prejuízo maior fica para população, pois uma vez que perdemos recursos financeiros quem acaba saindo no prejuízo  são os munícipes" Completou.

Um comentário :

  1. Demitam estes maus profissionais pelo bem do serviço publico.

    ResponderExcluir

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
22 - Domingo 23 - Segunda 24 - Terça 25 - Quarta 26 - Quinta 27 - Sexta 28 - Sábado
Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas
Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos