terça-feira, 19 de setembro de 2017

Primeiro vagão de passageiros do Trem Rio-Minas é colocado nos trilhos em Leopoldina

O equipamento foi transportado de Vitória-ES e chegou na sexta a Leopoldina. Neste sábado (16) ele foi recebido pelo Prefeito José Roberto de Oliveira. De Leopoldina o vagão seguiu para a cidade de Recreio, onde está localizada a oficina de locomotivas e vagões.





video

O primeiro vagão/carro de passageiros do Trem de Turismo Rio-Minas chegou a Leopoldina por volta das 17h30 desta sexta-feira, 15 de setembro. Após pernoitar no Posto Rio Pomba, neste sábado (16) o veículo percorreu o trajeto até o distrito cataguasense de Vista Alegre, onde o vagão foi retirado da carreta às 12h00 e colocado nos trilhos. A operação aconteceu em frente a antiga estação ferroviária de Vista Alegre, localizada no município de Leopoldina, e foi concluída aproximadamente às 16h00. Em seguida o vagão de passageiros foi levado para o município de Recreio, onde está instalada a oficina de locomotivas e vagões que realiza a manutenção dos equipamentos.

O planejamento da logística para o transporte do vagão durou dois meses e sua execução foi feita por uma empresa do Rio Grande do Sul. O içamento do equipamento para sua colocação nos trilhos foi realizado com a utilização de dois guindastes, de Juiz de Fora. A Prefeitura de Leopoldina participou da operação com o emprego de maquinário para limpeza e abertura do local escolhido para que o vagão fosse retirado da carreta e erguido pelos guindastes.


A viagem do vagão/carro de passageiros do Trem de Turismo Rio-Minas teve início às 06h00 da quarta-feira, 13 de setembro, em Vitória, capital do estado do Espírito Santo, com destino a Leopoldina, na Zona da Mata de Minas Gerais. A viagem durou cerca de 12 horas e pelas estradas capixabas e mineiras a carreta transportando o vagão atraiu a atenção das pessoas por onde passava.

A ideia do Trem de Turismo Rio-Minas, criada pela ONG Amigos do Trem, tem o objetivo de reativar o movimento ferroviário na Zona da Mata mineira e no Sul fluminense através do turismo em um trecho de 120 km, passando pelos municípios de Cataguases, Leopoldina, Recreio, Volta Grande, Além Paraíba e Chiador, em Minas e Sapucaia e Três Rios, no Rio de Janeiro. Existe também a possibilidade do projeto atender outro trecho que também conta com Recreio no circuito, este será entre as cidades de Santo Antônio de Pádua (RJ), Palma e Recreio, passando pelo distrito de Angaturama.

De acordo com o presidente da Associação Amigos do Trem, Paulo Henrique do Nascimento (foto), o Trem de Turismo Rio-Minas é um projeto de extrema importância para a região, pois trata-se do desenvolvimento econômico e turístico da Zona da Mata mineira. “Vamos passar por duas áreas de Leopoldina (divisa de Vista Alegre e Ribeiro Junqueira), ou seja, Leopoldina está envolvida diretamente e isto irá gerar desenvolvimento do turismo, renda e será um atrativo para que as pessoas possam se deslocar de outras cidades e estados para conhecer a nossa região”, ressaltou Paulo Henrique. Outros 14 vagões de passageiros chegarão a Recreio, dois por semana.


Com o apoio de seus voluntários e da Prefeitura Municipal de Recreio, a oficina de locomotivas e vagões está sendo toda revitalizada para receber os equipamentos que realizarão o roteiro do trem de turismo entre Cataguases e Três Rios (RJ), além do segundo percurso de Santo Antônio de Pádua (RJ) e Palma.


Executivo de Leopoldina e Cataguases prestigiam a chegada do vagão de passageiros


O prefeito de Leopoldina, José Roberto de Oliveira, acompanhou a chegada do vagão de passageiros do Trem Rio-Minas em solo do município. Juntamente com os secretários municipais Edvaldo Franquido Donato do Vale, João Paulo Fófano, Dandinho, Jussara Tomaz, Alfredo Mendes, Bruno Flores, o chefe de gabinete Luiz Cabral e o assessor de imprensa Iago Xavier, José Roberto esteve com o presidente da ONG Amigos do Trem, Paulo Henrique do Nascimento. De acordo com a assessoria de imprensa da PML, José Roberto e sua equipe participaram do primeiro percurso entre Leopoldina e Recreio, desembarcando no distrito de Ribeiro Junqueira.


O vice-prefeito de Cataguases, João Batista Alves Lima (Tita), juntamente com o secretário municipal de esportes, José Vitor Lima, também estavam presentes ao histórico acontecimento.

Paulo Henrique do Nascimento revelou que se emocionou no momento que o vagão foi colocado nos trilhos e na chegada a Recreio, quando foram recebidos pela cidade. O presidente da ONG Amigos do Trem agradeceu o apoio que recebeu da comunidade de Vista Alegre. Ele também agradeceu a empresas e aos prefeitos de Cataguases, Leopoldina, Recreio e Três Rios pelo apoio que as prefeituras tem prestado ao projeto. 


Os empresários interessados em participar do projeto, podem entrar em contato com a ONG Amigos do Trem.





Fotos: Iago G. Xavier/Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina
Reportagem do jornal O Vigilante Online - Nosso parceiro em Leopoldina

3 comentários :

  1. O uso da denominação correta é: carro de passageiros e não vagão de passageiros. O termo vagão é usado para carga.
    José Manoel Teixeira

    ResponderExcluir
  2. Vista Alegre pertence à Cataguases ou Leopoldina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O lado em que está os trilhos pertence a Leopoldina

      Excluir

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
22 - Domingo 23 - Segunda 24 - Terça 25 - Quarta 26 - Quinta 27 - Sexta 28 - Sábado
Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas
Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos