sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Outubro Rosa: palestra no Lions Clube de Cataguases chama atenção para importância da prevenção do Câncer de Mama





Foi realizada na noite de quarta-feira (11), na sede do Lions Clube de Cataguases, em parceria com a Sociedade de Medicina e Cirurgia de Cataguases – SMCC, um bate papo sobre a prevenção do Câncer de Mama com o mastologista, Dr. Bruno Laporte. O evento faz parte da campanha “Outubro Rosa”. Na noite os participantes também ouviram os conselhos da médica ginecologista Maria Ângela Girardi e participaram de sorteio de prendas.

Dr. Bruno Laporte exibiu estatísticas que mostram que 1 em cada 8 mulheres já teve ou terá câncer de mama no Brasil, que hoje, dos tipos de câncer mais comuns entre as mulheres, o câncer de mama é primeiro lugar disparado, com percentual maior que os tipos da doença que ocupam os segundo e terceiro lugares somados. 


O médico também fez recomendações sobre a importância da mulher se prevenir conhecendo o seu corpo, através do autoexame sem terrorismos e cismas, além da realização do exame de mamografia. Laporte também comentou a informação que corre em redes sociais de que o exame de mamografia seria responsável por causar câncer de mama. Segundo ele, apenas 3 mulheres em cada 1000 que fazem o exame anualmente poderão desenvolver o câncer por causa da mamografia, mas em torno de 30 mulheres em cada grupo de 100, deixam de morrer por causa do exame e as outras 70, não perdem as mamas por causa do exame. Outras recomendações são:

  • Alimentação Saudável com dieta balanceada com muito legume;
  • Evitar obesidade na Pós-menopausa;
  • Exercícios físicos regulares;
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas e tabagismo

O médico concluiu mostrando que o rastreamento continua sendo a melhor maneira de diminuir a mortalidade por causa do câncer de mama, que a principal estratégia para os programas governamentais é incluir mulheres fora dos programas de rastreamento ou rastreadas de forma irregular e que os governos devem garantir que as mulheres com exames positivos recebam assistência adequada e em tempo hábil.


Ao final o mastologista ainda respondeu as dúvidas das participantes sobre o assunto.

A paciente Claudia Siqueira também contou sua experiência com a doença, a qual já está livre há vários anos. como foi diagnosticada precocemente, ela não precisou fazer quimioterapia e nem radioterapia, contou. Ela também manifestou sua alegria em saber que o Hospital de Cataguases não perderá o credenciamento em oncologia. "Não importa o nome do santo, o que importa é o milagre", disse.

A vereadora e médica ginecologista, Maria Ângela Girardi, uma das idealizadoras do evento, disse que a informação é muito importante e que às vezes falta a reflexão e quando se tem uma palestra de informação com um profissional do gabarito do Dr. Bruno Laporte podendo levar reflexão é sempre importante. “A questão do Outubro Rosa, do Novembro Azul, do Agosto Dourado no tocante a amamentação, é sempre importante para levar a pessoa a pensar e a refletir.”


O presidente do Lions, Marcelo Rittmeyer avaliou o evento como positivo, embora às vésperas de um feriado, o que contribuiu para um público menor que o esperado. Ele explicou que o Lions Cataguases já trabalha a campanha "Outubro Rosa" há 3 anos na cidade e que foi muito boa a oportunidade dessa parceria com o Dr.Bruno Laporte. Segundo ele, a notícia passada pelo médico sobre a criação do Novo Centro Oncológico em Cataguases, tornou o evento melhor que o esperado. “De repente, a gente vê escapar o Oncológico de Cataguases. Isso nos deu uma certa preocupação. Inclusive, vamos fechar uma parceria para que a sociedade se mobilize dentro dos projetos para manter parte da arrecadação dos tributos dentro de Cataguases voltado para questão oncológica. Acho que está na hora certa de mudarmos essa visão de Cataguases para não perdermos mais e mais na medicina. Nós temos uma doação maravilhosa que é o Hospital de Cataguases com toda aquela estrutura e estávamos deixando escapar essa parte. Já deixamos parte que foi o São Lucas que fazia uma grande obra, começou ali com o Dr. Jaiminho na cardiologia e Cataguases perdeu. Acho que agora é a hora da sociedade entender que ela precisa se mobilizar e com ela mobilizada a gente consegue trazer ou manter ainda mais as coisas que já existem aqui dentro”, disse.

Rittmeyer também anunciou a recente contribuição do Lions Clube Internacional de $ 100 mil (Cem mil dólares) para  o Hospital de Cataguases realizar serviços de reforma no Pavilhão 9. O dinheiro também foi usado para fazer uma UTI emergencial no mesmo andar.









Leia também

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Whatsapp Mídia Mineira
Farmácias de Plantão em Cataguases
22 - Domingo 23 - Segunda 24 - Terça 25 - Quarta 26 - Quinta 27 - Sexta 28 - Sábado
Droganova São Francisco N. Sra. Aparecida Brasil Sta Tereza Econômica II Atlas
Farmanossa Cataguases Campinho São Mateus Silveira II Silveira (vila) Vasconcelos