Enviar para imprimir ou salvar PDF

Cobertura Mídia Mineira - Eleições 2018

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Quase 300 pessoas ainda não se cadastraram e podem perder o Benefício de Prestação Continuada em Cataguases

Faltam menos de três semanas para o fim do prazo para as pessoas idosas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) se inscreverem no Cadastro Único (CadÚnico). As famílias que não estiverem cadastradas até o dia 31 de dezembro vão perder o direito ao benefício. Para se inscrever, aqueles que residem em alguma região com cobertura de um dos três Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de Cataguases, devem procurá-lo para se cadastrar. Beneficiários ou familiares que moram em local sem cobertura devem se dirigir ao programa Bolsa Família.

Todas as famílias atendidas pelo BPC devem, obrigatoriamente, ser registradas no CadÚnico, instrumento do governo federal que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda. No cadastro são inseridas informações como características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras. Para fazer o cadastramento, a pessoa deve ter mais de 18 anos e, de preferência, ser o responsável familiar. Não é preciso que ela seja beneficiária direta do BPC, basta morar na mesma casa em que vive o assistido e dividir as responsabilidades com despesas e renda.

É necessário que quem efetue o cadastro apresente a documentação completa de todos que moram na casa. Dos membros familiares maiores de 18 anos, é exigido que sejam apresentados CPF, certidão de nascimento e/ou casamento, identidade, título de eleitor, comprovantes de renda com informações do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que pode ser obtido numa agência do INSS, e residência atual, recibo de aluguel também atualizado e carteira de trabalho dos maiores de 16 anos. Em relação aos menores de 18 anos, é preciso que apresentem apenas a certidão de  nascimento, declaração escolar atual e cartão de vacina para menores de 7 anos.

É importante ressaltar também que este prazo é para os idosos, o BPC deficiente tem prazo até junho de 2018.


A diretora de proteção básica da Secretaria de Assistência Social, Elaine Ferraz, lembra que boa parte dos assistidos ainda não está inscrita. “Os beneficiários não devem deixar para realizar o procedimento de última hora devido aos recessos de fim de ano e possível sobrecarga no tempo de espera. É importante que as pessoas realizem a inscrição no CadÚnico para não perderem o Benefício de Prestação Continuada. Atualmente, 664 pessoas recebem o BPC no município, mas apenas 400 delas possuem a inscrição. Isso é preocupante porque, se o prazo terminasse hoje, 264 assistidos perderiam o benefício. É preciso que as pessoas se conscientizem da necessidade de realizar o procedimento para que não percam essa renda no próximo ano”, disse.


Fonte: Prefeitura Municipal de Cataguases
Foto capa: ANPR

Nenhum comentário :

Postar um comentário