Enviar para imprimir ou salvar PDF

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Confirmada uma morte por Febre Amarela em Mar de Espanha

Foi confirmada no último Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) relativo a Febre Amarela, divulgado nesta quarta-feira (10), a morte de um homem de 40 anos pela doença no município de Mar de Espanha, a aproximadamente 105 quilômetros de Cataguases.

Conforme o boletim, dentro do período atual de monitoramento que iniciou em julho de 2017 e vai até junho/2018, foram confirmados 7 casos de Febre Amarela em Minas Gerais e outros 10 casos continuam em investigação nos municípios de Barra Longa (01), Brumadinho (01), Estrela do Indaiá (01), Goianá (01), Mariana (02), Nova Lima (03) e Teófilo Otoni (01). Foram descartados 38 casos suspeitos no período conforme quadro abaixo:



No período de monitoramento anterior, entre julho de 2016 a junho de 2017, foram registrados em Minas Gerais 475 casos confirmados de Febre Amarela, sendo que destes, 162 evoluíram para óbito.

Mar de Espanha

Conforme a prefeitura de Mar de Espanha, a vítima foi internada desde o dia 2 de janeiro no hospital da cidade com quadro de febre hemorrágica. A doença não chegou a ser detectada no hospital pois os sintomas poderiam indicar várias doenças. A secretaria de Saúde do Município chegou a pedir a transferência do paciente para Juiz de Fora mas antes de ser concretizada ele veio a óbito, no dia 4 de janeiro. Foi realizado os procedimentos de coleta do sangue e envio para análise chegando o resultado positivo para Febre Amarela no dia 10.

Ainda conforme a prefeitura, o paciente não era vacinado e uma investigação está sendo realizada para detectar se a doença pode ter sido contraída dentro da área urbana ou na área rural do município ou ainda fora dele, para que procedimentos de vacinação seletiva de bloqueio e aplicação de inseticida em um raio de 800 metros conforme o que é preconizado pelo Ministério da Saúde aconteça. Outras medidas para imunização da população e combate ao mosquito Aedes Aegypti já estão em andamento.

Nenhum comentário :

Postar um comentário