Enviar para imprimir ou salvar PDF

Cobertura Mídia Mineira - Eleições 2018

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Jovens de 20 e 21 anos são suspeitos de matar e jogar corpo no Rio Paraibuna de advogado e militar reformado de 75 anos

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu nesta quarta-feira (17), um jovem de 21 anos, suspeito de participação na morte de um advogado militar reformado de 75 anos, que desapareceu no dia 2 de janeiro deste ano em Juiz de Fora. Este é o segundo suspeito que é preso, na quarta-feira a Polícia Militar prendeu outro suspeito de 20 anos.

Segundo informações, o idoso teria se deslocado no início do mês até o bairro Parque das Torres para cobrar uma dívida de R$ 300 referente a honorários e não foi mais visto. Investigações apontaram que o advogado teria sido executado a golpes de machado em uma residência no Parque das Torres e depois teria sido jogado no Rio Paraibuna. O Corpo de bombeiros tem realizado buscas no local mas até o momento o corpo não foi localizado.

Durante depoimento, o suspeito de 21 anos e testemunhas confirmaram que as roupas que foram encontradas no lote ao lado da residência foram queimadas pelo outro investigado, de 20 anos. As roupas seriam dele mesmo e foram queimadas pois estavam sujas de sangue.

O jovem que já estava com mandado de prisão temporária em aberto expedido pela Justiça, a pedido do Delegado Luciano Vidal. Ele  foi conduzido para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp). Nesta quinta-feira, o suspeito será ouvido pelo delegado Luciano Vidal na delegacia de São Mateus, Zona Sul da cidade.

Nenhum comentário :

Postar um comentário